13/12/2011 - Polícia Civil apreende 11 quilos de maconha com quatro mulheres em Primavera

 

Quase onze quilos de maconha foram aprendidos no fim de semana, na cidade de Primavera do Leste (231 km ao Sul), na operação “Rota Paraguaia”, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos em conjunto com a Delegacia Municipal e Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes de Primavera. Quatro mulheres foram presas, entre elas duas menores de idade.
 
Na tarde de sábado (10.12), os policiais descobriram que a presa Silvia Loana Lopes da silva, 20, associada à Maria Aparecida de Oliveira Lopes, 18, também presa, venderiam drogas em uma festa naquela noite. Maria Aparecida recebeu, 10 quilos e 903 gramas de maconha da menor C.G.LS, 16, no sábado, e deu em pagamento um cheque de R$ 1 mil, furtado.
 
Desde a ultima quarta feira (07.12) a Policia Civil de Primavera do Leste, vinha monitorando os passos das adolescentes C.G.L.S., 16 e T.S.D, 14. Conforme o núcleo de inteligência de Rondonópolis, as adolescentes teriam viajado até Mato Grosso do Sul para adquirir ir grande quantidade de maconha, provavelmente oriundo do Paraguai.
 
A primeira a ser presa foi Silvia Loana Lopes da Silva, quando se deslocava na BR- 070 para entregar pequenas porções de pasta-base de cocaína para outro traficante. A mulher tentou fugir do local quanto notou a presença dos policiais. “A prisão da Silvia Loana, desencadeou o restante da operação”, disse o investigador Geraldo Yarid Recco.
 
Em seguida a Loana, espontaneamente, informou que em sua residência localizada a Rua Beleza, em Primavera do Leste, havia mais pasta-base, sendo localizados no interior de um brinquedo de pelúcia, aproximadamente 56 gramas.  Em seu corpo encontrados mais 17, 69 gramas de pasta-base.
 
A mulher revelou que a adolescente C.G.L.S estaria com a  maconha para lhe entregar. Após detenção da adolescente, que tentava repassar o cheque de R$ 1 mil, em um mercado, e da detenção do taxista que a conduzia anteriormente, foi localizada a quantia de 10.903,83 de maconha, residência de Maria Aparecida de Oliveira Lopes, localizada no bairro Poncho Verde, em Primavera do Leste.
 
O taxista não permaneceu porque desconhecia que a menor carregava droga. A  adolescente T.S.D , confirmou ter realizado o transporte da maconha da cidade de Nova Andradina (MS), até Primavera do Leste. Ela contou que foi a quarta vez que se passava por “mula”.
 
As investigações tem o comando do delegado Rafael Fossari, titular da DERF e do delegado Gesset Arilson Munoz, da Delegacia Municipal de Primavera do Leste,
 
 
Assessoria/PJC-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário