14/01/2013 - Após 37 anos de casado, vendedor mata esposa e tenta assassinar filho

Um vendedor de 57 anos matou a esposa com cinco tiros em Sinop. Após o crime, o suspeito ainda atirou contra o próprio filho e passou com o carro sobre o corpo estendido da esposa. O atentado aconteceu a madrugada deste domingo.

Apesar da fuga, o suspeito foi preso e levado para a delegacia onde confessou o crime. Ele foi encontrado graças a ação dos vizinhos que o flagraram fugindo da cena do crime após o ato. 

No depoimento prestado às autoridades, o vendedor identificado apenas pelas iniciais J. N. O. afirmou que o que desencadeou o crime foi a suposta infidelidade da esposa. No meio da briga, o filho da casal tentou defender a mãe e também acabou sendo alvo de disparos. 

A vítima do assassinato é Aiza Santos de Oliveira, que estava casada com seu algoz há 37 anos. O crime aconteceu na casa da família, no bairro Jardim Imperial. Ele foi autuado e levado para a Cadeia Pública da Cidade e esta a disposição da Justiça. 

O filho está hospitalizado e deve passar por cirurgia. Ele foi sozinho até o pronto atendimento pedir por socorro. O tiro acertou o pescoço do rapaz. Depois da prisão do vendedor os policiais encontraram de baixo do banco uma sacola com aproximadamente 17 munições intactas do mesmo calibre do revolver.


Violência doméstica 

Os índices de violência doméstica subiram 113% em 2012 de acordo com a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso, que lavrou 3,4 mil boletins de ocorrência no ano. Foram instaurados 1.023 inquéritos, dos quais 1.016 foram concluídos. Em 2011, 476 inquéritos foram instaurados.

 

Da Redação - Lucas Bólico

COMENTÁRIOS

Data: 14/01/2013

De: Elza Silva

Assunto: Urgência... Brasil

Eu acho que deveria ter uma lei no Brasil que punisse com rigor também quem causasse infidelidade com o parceiro... Poderia ser considerada violência doméstica como na Lei da Maria da penha, embora talves poderia evitar um pouco violência entre os casais...

Data: 16/01/2013

De: ME POUPE

Assunto: Re:Urgência... Brasil

NÃO TERIA CADEIA QUE COMPORTASSE TANTO CRIME....SE O CODIGO PENAL BRASILEIRO NÃO PUNE NEM CRIMINOSOS VÃO PUNIR TRAÍDORES ...ME POUPE

Novo comentário