13/03/2016 - Em resposta aos atos deste domingo,13, PT organiza manifestações para as próximas semanas

13/03/2016 - Em resposta aos atos deste domingo,13, PT organiza manifestações para as próximas semanas

Em respostas aos atos desfavoráveis ao governo da presidente Dilma Rousseff, o Partido dos Trabalhadores (PT), também organizará manifestações convocadas pela Frente Brasil Popular. Os protestos são previstos para os dias 18 e 31 de março. A informação foi divulgada pelo presidente nacional do partido, Rui Falcão, em artigo semanal na Agência PT.

O grupo também critica as tentativas de “forjar” confrontos no dia 13 de março, por parte das forças de direita. “Para evitar as provocações é necessário unidade, organização e vigilância. O povo brasileiro sabe muito bem quem patrocina a violência contra os trabalhadores e contra a democracia”, finaliza o texto.

Em sua página no Facebook, o deputado federal Ságuas Moraes, defendeu que os protestos, claissifcados por ele como defesa da democracia e contra o Golpe, que visa derrubar a presidenta Dilma Rousseff revogando o resultado eleitoral de 2014. "É imperativo que todos os democratas desse País defendam a Democracia conquistada com a luta de milhares de brasileiros, que resistiram à opressão e à tortura dos 21 anos de Ditadura Militar", diz a publicação.

“Vamos participar, organizadamente das datas convocadas pela Frente Brasil Popular: 18 e 31 de março”, disse Falcão. Em nota divulgada na quarta-feira (09.03), a Frente Brasil Popular reafirmou a convocação para os atos de março.

Confira a íntegra da nota:

 “1.A FBP saúda todas as mulheres que manifestaram-se no dia 8 de março, Dia Internacional de Luta das Mulheres. A luta pelos direitos das mulheres e a luta pelas liberdades democráticas devem fazer parte do mesmo processo.

2.A FBP reafirma a convocatória para as atividades de 18 e 31 de março. Na próxima semana a FBP divulgará diretrizes detalhas a respeito.

3.A FBP se solidariza com todas as atividades descentralizadas, convocadas e organizadas consensualmente pelas instâncias da FBP, entre os dias 10 e 18 de março.

4.Há sinais cada vez mais evidentes de que as forças de direita querem forjar confrontos no dia 13 de março. Para evitar as provocações é necessário unidade, organização e vigilância. O povo brasileiro sabe muito bem quem patrocina a violência contra os trabalhadores e contra a democracia.”
 

 

 

Da Redação - André Garcia Santana

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário