14/04/2016 - Com suspeita de H1N1 atividades são suspensas na Acadepol

14/04/2016 - Com suspeita de H1N1 atividades são suspensas na Acadepol

Alunos da Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol) apresentaram sintomas de gripe e foram encaminhados para consulta na Policlínica do Coxipó, nesta quarta-feira (13). Após avaliação, o médico suspeitou que o grupo teria contraído a gripe A H1N1. Por este motivo as aulas na academia foram suspensas até a próxima segunda-feira (18).

A decisão foi publicada em uma portaria e assinada pelo diretor adjunto da Acadepol, Paulo Rubens Vilela, que suspende também as atividades administrativas. “Alguns alunos apresentaram principais sintomas de gripe, espirros, tosses, febre, dores musculares, garganta, no ambiente escolar, principalmente em salas de aulas”, diz trecho da publicação.

Parte desses alunos que passaram mal foram medicados e submetidos a exames para saber se teriam contraído a gripe H1N1. A suspensão das atividades é para garantir a saúde dos estudantes e policiais, principalmente agora com o aumento na incidência de H1N1 e também pela doença ser transmitida através do contato em ambientes fechados.

A Secretária de Estado de Saúde (SES) está investigando 75 casos suspeitos de H1N1 no Estado. Apenas uma morte em decorrência da doença foi confirmada após a realização de exames laboratoriais, outros 12 aguardam resultados para a confirmação ou exclusão.

Em Mato Grosso, os casos de influenza começaram a ser notificados em 2009, quando ocorreu uma pandemia no país. Em 2014, houve 44 registros de morte por H1N1 no Estado e, em 2015, nenhum.

Os sintomas da gripe A são febre alta, dificuldade de respiração, cansaço e dores musculares e é transmitida por espirros, tosses e contato direto com pessoa ou local contaminado. A campanha nacional de vacinação contra a gripe H1N1 começa no dia 30 de abril.

Veja portaria que suspende as atividades

Jéssica Moreira, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário