14/04/2016 - Cinco agências de publicidade são classificadas em licitação de R$ 70 milhões do Gcom

14/04/2016 - Cinco agências de publicidade são classificadas em licitação de R$ 70 milhões do Gcom

O Gabinete de Comunicação (Gcom) realizou, nesta quarta-feira (13), uma nova etapa da licitação para contratar agências de publicidade para atender o Governo do Estado, ao custo de até R$ 70 milhões anuais. Onze agências foram classificadas, e as cinco primeiras serão chamadas para habilitação (ZF Comunicação, FCS Comunicação, Nova SB, Soul Propaganda e Casa D’ideias). A concorrente Pop Corn foi desclassificada. Caso haja nova desclassificação, as próximas colocadas serão chamadas para se habilitarem.

De acordo com a secretária-adjunta de Administração Sistêmica e presidente da Comissão Especial de Licitação, Patricia Camargo, a previsão é concluir a concorrência no final deste mês, quando se esgotam os prazos de recurso, e assinar o contrato com as cinco agências vencedoras na primeira semana de maio. O certame teve início em dezembro de 2015, e nessa quarta foi realizada a terceira sessão da licitação. Nessa sessão, foi feita a abertura do envelope nº 4, que é o da proposta de preços.

A concorrência é do tipo melhor técnica e preço, com regime de empreitada por preço unitário, e as empresas concorrentes ganham pontuação por cada item. A estimativa total de gasto com os contratos é de R$ 70 milhões anuais. “Esse valor estimado é um teto, e os pagamentos serão feitos por serviço utilizado. O valor do certame ser R$ 70 milhões não significa que todo esse valor será gasto. Nós vamos usar os serviços de acordo com a liberação do orçamento”, afirmou Patricia Camargo ao Olhar Direto.

As agências foram classificadas na seguinte ordem: ZF Comunicação (70,4 pontos), FCS Comunicação (68,3 pontos), Nova SB (64,45 pontos), Soul Propaganda (64,45 pontos), Casa D’Ideias (63,05 pontos), Tis Publicidade (62,7 pontos), Mercatto Comunicação (58,85 pontos), DMD (57,8 pontos), Company Comunicação (57,1 pontos), Criari (56,75 pontos) e Calia (56,75 pontos).

Antes de sessão desta quarta, houve o julgamento dos recursos referente à segunda sessão do certame, e outras duas agências foram desclassificadas: Invent e Genus. O objeto do certame é a contratação de cinco agências prestação de serviços técnicos de publicidade visando à elaboração de projetos e campanhas do Governo do Estado de Mato Grosso. Todos os documentos referentes ao certame, inclusive as propostas de preços, estão disponíveis no Potal de Aquisições do governo.

 

 

 

 

Da Redação - Laíse Lucatelli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário