14/05/2016 - "Não vou fazer milagres em 2 anos", diz Temer

O Presidente interino do Brasil, Michel Temer, declarou em uma entrevista para a revista Época que o mais urgente para o Brasil no momento é arrumar o que está desarrumado: a economia. E admitiu que colocar o país de volta no eixo será uma missão difícil. "Não vou fazer milagres em dois anos."

 

“Tenho plena confiança na capacidade de Henrique Meirelles e da equipe montada por ele. Eles terão autonomia para fazer os ajustes necessários e transmitir a confiança que perdemos”, disse.

 

Temer também afirmou que acredita na melhoria das relações entre o Planalto e o Congresso, algo que, segundo ele, deve diminuir a instabilidade política em Brasília. “Fui presidente da Câmara por três vezes e sei bem o quanto é necessário ter diálogo com os parlamentares e manter o respeito pelas ideias diferentes. Não é fortuito que tantas lideranças partidárias estejam comprometidas com o ministério que foi montado.”

 

Após assumir o lugar deixado por Dilma Rousseff - afastada pelo Senado por 180 dias no processo de impeachment –, Temer declarou que “a ficha não caiu” de que ele será a pessoa encarregada de tirar o país da crise atual.

 

“Vontade não falta”

 

Diante da falta de orçamento do governo, Temer deixou claro que é possível fazer programas com pouco dinheiro e citou exemplos do que fez quando era Secretário de Segurança Pública de São Paulo. Além disso, o presidente interino afirmou que não faltará disposição, nem dele e nem da sua equipe ministerial.

 

“Disposição não faltará – minha e da equipe. Hoje mesmo, percebi em todos uma vontade, uma gana de fazer imensa. Nada ficará para segunda-feira. Tudo o que se discutia começa imediatamente, agora. Estão todos imbuídos do mesmo sentido de urgência que eu”, contou.

 

Quando questionado sobre o pouco tempo que terá para colocar tantas propostas em prática, Michel Temer respondeu: “Não é porque é impossível fazer milagres que não se devem estabelecer metas ambiciosas, como as que delineei. É possível fazer muito, não tenho dúvida. E, se não houver ambição, qual o propósito de se tentar?”

 

 

 

Terra

 

Comentários

Data: 14/05/2016

De: joão de deus ferreira

Assunto: chamado de temer

INÉRCIA NA ECONOMIA

ATENDENDO a convocação que todo povo terão de colaborar com o GOVERNO DO PRESIDENTE EM EXERCÍCIO O CIDADÃO MICHEL TEMER, resolvi lhes enviar essa pequena proposta.
INÉRCIA NA ECONOMIA: É massa e força respectivamente, e representa a propriedade de resistir aceleração a que se destina, a medida da INÉRCIA NA ECONOMIA, e quanto você quer causar em uma mudança de conceito de valores, por um modelo de ação.
SE realmente vocês querem algo para alavancar a economia, eu tenho e outros devem ter também, ideias que servem para o BRASIL e outros PAÍSES.
INÉRCIA NA ECONOMIA é o fermento que faz a massa crescer de baixo para cima atingindo todas as camadas mais próximas. QUERO lhes avisar que o fermento tem um tempo de validade para atingir tudo aquilo a que se destina.
IMAGINE UMA CIDADE com cem mil habitantes em crise de desempregos, recebendo três mil salários em sua economia, é o começo de um novo folego em suas atividades.
O VÁRIO DE IDEIAS é opção de escolha há que destino queira dar, ECONOMIA VERDE, DESIDRATADOR DE FRUTAS LEGUMES E TUBÉRCULO, ENERGIA LIMPA RENOVÁVEL, TORNAR RIOS E IGARAPÉS POTÁVEL, DOIS OU MAIS DESTINOS PARA O ESGOTO, O SUPERFILTRO PARA ÁGUA E AR RESIDENCIAL, E A MELHOR CARNE DO MUNDO SEM DROGA OU HORMÔNIO E COM MENOS TEMPO NO PASTO, quero dizer a todos que essas ideias é baseada em saúde a quem queira usá-lo. SÃO projetos que o MUNDO precisa, e não são caras, os funcionários 90% são assalariados.
A SOCIEDADE PERGUNTA AOS MINISTÉROS DE MEIO AMBIENTE E PESCA por que os RIO DAS VELHAS E MOSQUITO que foram revitalizados por ONGS E UNIVERSIDADES DE RENOME tem dificuldade de produzir viveres, RIOS que foram ricos em viveres ou proteínas, o que está acontecendo?
ACONÇELHO ao GOVERNO que se instala, convidar ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E MERCADO VAREJISTA para darmos as mãos e seguir adiante.
COMENTÁRIOS como educação, desaparecimento das proteínas, ministério de meio ambiente ainda vive, cop. 21 resiliências, propósito, intenção, economia verde.
O PODEROSO DEUS ESTÁ REUNINDO A SUA IGREJA E LÁ NÃO TEM SACOLINHAS.

JOÃO DE DEUS FERREIRA O HOMEM.

Novo comentário