14/06/2012 - Caravana Cururu e Siriri visita os grupos de Cuiabá

 

A iniciativa faz parte dos preparativos para o 11º Festival de Cururu e Siriri, que acontecerá em setembro
Membros da Federação Mato-grossense das Associações e Grupos de Cururu e Siriri iniciaram as visitas aos quintais dos grupos tradicionais de Cuiabá nesta segunda-feira (11.06). É a “Caravana Cururu e Siriri”, que faz parte dos preparativos para o 11º Festival de Cururu e Siriri, que acontecerá em setembro.
 
Ontem à noite, foram visitados os grupos Viola de Cocho, do bairro Lixeira, e Coração Cuiabano, do Carumbé. A primeira visita acontece às 18h30 e a segunda a partir das 20h30. Hoje é a vez dos integrantes do Raízes Cuiabana e Flor do Campo, ambos do Parque Ohara com grupos adultos e infantis, que também receberão a visita.
 
Na quarta-feira (13.06), os membros estarão junto com Voa Tuiuiú, do Itapajé, e Coração Tradição Franciscano, do bairro São Francisco.Já na quinta-feira (14.06) a caravana estará no São Gonçalo Beira Rio e Flor Ribeirinha. Na semana que vem, segue na segunda-feira (18.06) para o quintal do Incluart e na terça-feira (19.06) do Tradição Coxiponé, no Coxipó do Ouro.
 
Na oportunidade, os membros da Federação que compõem a Caravana vão orientar os dançarinos e coordenadores sobre os quesitos avaliados nas seletivas dos polos para o Festival. “Estaremos realizando as seletivas a partir desta sexta-feira (15.06) 15 de junho. No Festival, são selecionados 20 grupos adultos, sendo dois por cada polo e os outros 11 por índice técnico”, explica presidente da Federação Mato-grossense das Associações e Siriri de Cururu e Siriri, Terezinha Quilombola.
 
A caravana já visitou os grupos de siriri de Nobres, Tangará da Serra, Nova Mutum, Cáceres, Barão de Melgaço, Nossa Senhora do Livramento e Poconé. Ainda serão visitados grupos de Mimoso, São Pedro de Joselândia, Várzea Grande e Chapada dos Guimarães. Em Mato Grosso existem 48 grupos de siriri e oito associações de cururu.  Dentro dos preparativos do Festival, a Federação ofereceu o Seminário de Cururu e Siriri no mês passado. Agora, segue com as visitas aos quintais e, na sequência, iniciam as seletivas. Para participar do Festival, o grupo tem que ser registrado em cartório, possuir CNPJ e ser filiado a Federação, no mínimo, há dois anos. Além do que, é imprescindível ter participado do seminário.
 
O Festival de Cururu e Siriri é uma realização da Federação Mato-grossense das Associações e Grupos de Cururu e Siriri, em parceria com Ministério da Cultura, através da Fundação Nacional das Artes – Funarte (Prêmio Pró-Cultura de Apoio a Festivais); Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura;  e Prefeitura de Cuiabá.
 
SANDRA COSTA/ Assessoria

Comentários

Data: 29/06/2012

De: Amei

Assunto: Ulá lá

Adorei esta dança pra valer

Novo comentário