14/06/2016 - Preocupado, Blairo Maggi pede que Pedro Taques trate greve no Indea como prioridade

14/06/2016 - Preocupado, Blairo Maggi pede que Pedro Taques trate greve no Indea como prioridade

O ministro da Agricultura e Pecuária, Blairo Maggi, mostra preocupação com a situação do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), em decorrência a paralisação dos servidores há uma semana, e revela ter pedido prioridade ao governador Pedro Taques quanto ao assunto, já que as exportações enfrentam fortes exigências sanitárias. Ele que recentemente esteve na China, pontua que até mesmo uma simples assinatura diferente é motivo para o país comprador enviar todo um lote de volta ao Brasil.

Em Cuiabá, na manhã desta segunda-feira, 13 de junho, Blairo Maggi revelou que todos os produtos exportados tem alto grau de exigência fitossanitária. “Por isso, é importante que a greve do Indea acabe.”

 

O ministro classifica a greve dos servidores do Indea, paralisados desde o dia 06 de junho, como “grave”. Ele frisa que por ser uma política estadual o Ministério da Agricultura e Pecuária não pode interferir no assunto, porém declara já ter solicitado ao governador Pedro Taques que trate a questão como prioridade. 

“Nossas exportações estão vinculadas à sanidade. Qualquer deslize, problema que tivermos em Mato Grosso e que isso ultrapasse as fronteiras do nosso Estado certamente é um problema sério. É um setor muito sensível para deixar sem que os servidores façam o seu trabalho. E, não é só a não vai abater. Não abater é uma coisa e as consequências do não abater. Uma superpopulação nas granjas, por não retirar os animais, pode fazer surgir uma doença”, afirma Maggi.

Os servidores do Indea e do Instituto de Terras do Estado de Mato Grosso (Intermat) "cruzaram" os braços no dia 06 de junho. As duas categorias aderiram à greve geral para cobrar a Revisão Geral Anual (RGA), que prevê a reposição das perdas inflacionárias de 2015, de 11,28%.

No dia 07 de junho, o juiz Gleidson de Oliveira Grisoste Barbosa, da 2º vara da Justiça de Mato Grosso em Lucas do Rio Verde, acatou o pedido liminar de mandado de segurança impetrado pela BRF para garantir a continuidade da emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA’s), necessárias para transportar animais das propriedades rurais até a indústria frigorifica.

Segundo o senador Cidinho Santos, um frigorífico de suínos em Sorriso está há cerca de uma semana sem realizar abates, por falta da emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA).

 

 

 

Da Redação - Viviane Petroli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário