14/07/2015 - Pai de quadrigêmeas indígenas é preso por abandono, diz polícia de MS

14/07/2015 - Pai de quadrigêmeas indígenas é preso por abandono, diz polícia de MS

O indígena Odair Cândido, de 32 anos, pai das quadrigêmeas que nasceram em 2014, foi preso na noite de domingo (12), após a suspeita de abandono dos quatro bebês de 11 meses e de outras duas filhas de 9 e 12 anos. Cândido estaria com as crianças na residência que fica Vila Pedreira, em Anastácio, a 128 quilômetros de Campo Grande.

G1 tentou entrar em contato com a mãe dos bebês, Denir Campos, de 37 anos, mas até a publicação desta reportagem não obteve retorno.

Ao G1, a delegada Marilda do Carmo Rodrigues, disse que o suspeito foi autuado em flagrante e permanece preso pelos crimes de abandono de incapaz e vias de fato.


"Ela saiu e deixou as crianças sob a responsabilidade dele. Porém, o companheiro também saiu logo em seguida, com a intenção de agredí-la. A mulher seria vítima de violência doméstica e nos informou que, antes de sair de casa foi empurrada, além de levar um puxão de cabelo", afirmou a delegada.

 

Conforme a delegada, a mãe das meninas, de 38 anos, disse que deixou as meninas sob o cuidado do marido, para participar de uma festa. O suspeito não teria concordado com a situação, perseguindo a esposa e deixando as filhas mais velhas como 'babás' dos bebês.

Por volta das 21h (horário de MS), quando ele já estava no local ingerindo bebida alcoólica, a Polícia Militar foi chamada. Na ocasião, conforme o registro policial, o casal estava discutindo. O homem foi preso com a suspeita de embriaguez. A mãe, no entanto, prestou depoimento e foi liberada.


"Nós arbitramos a fiança de R$ 300, devido as condições do suspeito. Até o momento o valor não foi pago e ele continua preso. Agora vamos aguardar o andamento do inquérito policial", finalizou a delegada.

Além da Polícia Civil, o Conselho Tutelar investiga as condições das crianças, já que também houve a constatação de más condições no local onde elas residem.

Quadrigêmeas indígenas estão juntas em quarto de maternidade em MS (Foto: Cláudia Gaigher/ TV Morena)


Supresa
As quadrigêmeas nasceram no dia 28 de agosto. Para os pais, que já tinham outros sete filhos, foi uma surpresa a gestação de quatro bebês iguais (univitelinos).

Na época, o G1 visitou a casa da família e eles receberam inúmeras doações de roupas, fraldas, brinquedos e leite para as pequenas, além de um imóvel por parte da prefeitura do município.

Campanha
Por conta da condição social da família, foi realizada uma campanha por parte da Maternidade Cãndido Mariano e outros voluntários que ficaram sensibilizados com a condição financeira e social da família.

Eles residiam em um barraco de dois cômodos, às margens da BR-262. O enxoval então foi preparado para as quadrigêmeas e ganhou repercussão nacional.

 

 

 

Graziela Rezende

G1 MS

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário