14/07/2015 - Pontes continuam causando medo e engarrafamento em vários trechos da BR-158

As pontes que passam por sobre o Rio Inajazão, localizada na Rodovia BR-158, no trecho próximo ao distrito de Casa de Tábua, município de Santa Maria das Barreiras, continuam sendo o grande pesadelo de motoristas e passageiros que cruzam a importante rodovia.

A ponte que possui aproximadamente 40 metros de comprimento está com a plataforma de ferro toda comprometida. Os buracos na passarela causam medo nos motoristas, que sem alternativa se arriscam a passar por sobre a ponte, mesmo diante do perigo de acidente.

Os buracos existentes nas grades de ferro da passarela têm causado a interrupção do tráfego na rodovia, que possui  um fluxo enorme de   caminhões pesados, onde os motoristas se arriscam a passar sobre as duas pontes, que mais parecem armadilhas.

Na última terça-feira (07), o trânsito no trecho ficou interrompido por várias horas, devido algumas placas de ferro da passarela terem saído do lugar. Os próprios motoristas resolveram fazer uma força tarefa e na base do improviso colocaram as chapas de ferro nos lugares e se arriscaram a passar com as placas soltas, correndo o risco de sofrer acidente. Uma gigantesca fila de carros de passeio e caminhões de carga se formou enquanto motoristas agiam como engenheiros, na ânsia de continuar a viagem.

De acordo com o motorista Antônio Júlio de Moura, o serviço de soldagem que tem sido feito nas placas e grades de ferro, mas não resistem ao pesado tráfego existente na rodovia. “Não adianta a empresa aplicar pingos de solda nessa ferragem velha, é a mesma coisa que colocar remendo novo em pano velho, o que tem que ser feito é a substituição dessas placas ou colocação de novas chapas de ferro  sobre o assoalho da ponte, enquanto as pontes de concreto não são construídas” disse o motorista. 

O vereador Beto Toledo, do município de Santana do Araguaia, disse que vai fazer uma nova mobilização no sentindo de cobrar do DNIT uma solução imediata para os problemas das duas pontes que tem causado transtornos e acidentes na BR-158.

“Nós fizemos uma mobilização envolvendo deputados e senadores e os problemas da recuperação do asfalto foram resolvidos, agora teremos que nos mobilizar novamente para cobrar uma ação imediata do DNIT, no sentido de achar uma solução para o problema das pontes que continuam a colocar em risco a vida de motoristas e passageiros na BR-158”, disse Beto Toledo.

 

 

AMZ Noticias

com Dinho Santos

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário