14/07/2015 - Prefeito empossa ex-vereador no "time" e rasga elogios ao PSDB

O prefeito Mauro Mendes assinou na tarde desta segunda-feira (13), no Salão Nobre do Palácio Alencastro, o ato de posse do novo secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Paulo de Campos Borges Júnior.  Ao lado de Paulo Borges Jr. assume no cargo de secretário-adjunto, Erivelto Vieira Nunes, que ocupava o cargo de diretor de Regularização Fundiária.

 

Advogado de formação, ex-vereador, Paulo Borges Jr. deixa o cargo de consultor jurídico da Câmara de Vereadores e assume a pasta em lugar de Adilson dos Reis e Silva com a missão de concretizar a meta estabelecida pelo prefeito de entregar até o final de 2016 30 mil títulos de propriedade definitiva. Até agora, desde julho do ano passado, já foram entregues 4 mil títulos. “É um grande desafio, uma responsabilidade enorme, mas temos vivência tanto político, como técnica”, disse o novo secretário, que garantiu que ira manter a equipe técnica.

 

Nos demais cargos, ele irá conversar com o prefeito, para, em conjunto, fazer as alterações que se fizerem necessárias. Em seu discurso, o ex-secretário Adilson disse que durante sua gestão houve um grande avanço em sua pasta no trabalho de regularização fundiária. “Temos aqui na secretaria uma equipe preparada, e nós estaremos à disposição para ajudar no que for preciso. Agradeço ao apoio dado pela gestão Mauro Mendes”, disse Adlson.

 

A posse de Paulo Borges, oriundo dos quadros do PSDB, foi bastante prestigiada. Participaram secretários municipais, vereadores, dirigentes do PSDB, deputado federal Fábio Garcia, e presidentes de associações de moradores de bairros.

 

Para o prefeito Mauro Mendes, a vinda de Paulo Borges Jr. para o time da administração municipal irá se somar à equipe de gestores e continuar fazendo um grande trabalho. A aliança com o PSDB, vai ajudar e contribuir nesse momento. “É um partido que já governou o País, já governou Mato Grosso, tem grandes lideranças. Vai nos ajudar nesse momento de dificuldades diante dos problemas pelos quais o Brasil atravessa e que afetam a todos nós. Temos que somar nossas forças, para produzir os resultados que a população espera”, destacou Mauro Mendes.

 

Mauro Mendes ratificou que o grande desafio de Cuiabá é a regularização fundiária. “São as pessoas que construíram suas casas, seus sonhos, e lamentavelmente pelo regime de ocupação que aconteceu ao longo de muitas décadas, hoje elas não possuem a escritura, o título definitivo de suas casas. Estamos implementando um trabalho que já começou em 2013 e vamos colher os frutos até 2016, quando estaremos entregando 30 mil títulos definitivos de propriedade”, afirmou o prefeito.

 

O prefeito disse ainda que a escolha de Paulo Borges Jr. levou em conta principalmente critérios técnicos. “Ele conhece muito a cidade de Cuiabá, já foi vereador, conhece muito as regiões. É advogado, conhece muito o trâmite jurídico, para implementar a regularização tem que trabalhar com cartório, junto ao Intermat [Instituto de Terras de Mato Grosso]. Paulo  Borges Jr. tem o perfil adequado para nos ajudar na condução desse trabalho”.

PERFIL

Paulo de Campos Borges Júnior tem 44 anos, é casado e pai de dois filhos. Foi vereador entre 2008 e 2012 e atualmente é o primeiro suplente na Câmara pelo seu partido, o PSDB. É graduado em Direito pela UFMT, onde também fez pós-graduação em Direito Administrativo. O secretário-adjunto Erivelto Vieira Nunes também é graduado em Direito pela UFMT e pós-graduado em Gestão Pública. Atualmente está cursando pós em Gerenciamento de Cidades.

 

Participaram da solenidade de posse o ex-prefeito Anildo Lima Barros; os vereadores Oseas machado, Juca do Guaraná Filho, Maurélio Ribeiro, Wilson Kero Kero e Ricardo Saad; o presidente da Câmara de Vereadores de Santo Antônio do Leverger, Wagner Belmiro; o presidente municipal do PSDB, Carlos Avalone; os secretários municipais Alberto Machado (Cultura, Esporte e Turismo), Guilherme Muller (Planejamento), João Batista de Oliveira (em exercício de Governo e Comunicação), José Rodrigues Rocha Júnior (Assistência Social e Desenvolvimento Humano) e Benedito Libânio de Souza Neto (superintendente do IPDU), além de vários secretários-adjuntos. 

 

 

Da Redação

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário