14/08/2012 - Seis pessoas suspeitas de sequestrar médico são presas pela Polícia Civil

Seis pessoas suspeitas de sequestrar um médico legista em Sapezal (480 km de Cuiabá) foram presas em flagrante pela Polícia Civil. Os bandidos renderam a vítima no portão de casa.

O médico legista foi sequestrado na última sexta-feira (10) e os criminosos foram detidos no sábado (11) por policiais militares e civis. Entre os detidos dois são menores de idade. 

Os presos Marcos Moraes Morant, Erivaldo Gomes dos Santos, Adauto Monteiro Tibursk e Anderson Lopes de Oliveira teriam abordado o médico enquanto ele chegava em casa.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a vítima guardava sua caminhonete na garagem de casa quando os quatro homens em duas motocicletas o renderam. A ação foi percebida por uma testemunha que acionou a polícia. 

Uma barreira policial foi montada na região, próxima ao município de Campos de Júlio (553 km de Cuiabá), para tentar evitar a fuga dos criminosos. Com o carro da vitima, os suspeitos furaram o bloqueio e se esconderam na mata.

Os seis foram encontrados dentro da mata e presos em flagrante. Durante depoimento, os suspeitos disseram que tinham deixado a vítima em um cativeiro, que foi resgatado pela polícia. 

Para a polícia, os suspeitos disseram que a caminhonete seria levada para a Bolívia. Os quatro maiores de idade foram encaminhados para o presídio de Campo Novo do Parecis e os dois menores estão aguardando decisão judicial, segundo informou a assessoria de imprensa.

 

Da Redação - Victor Cabral

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário