14/09/2015 - Mulher pede desculpa a africanos vítimas de racismo no Paraná

Ofensas feitas por uma mulher a um grupo de senegaleses no Centro de Londrina, no norte do Paraná, causaram revolta em pessoas que passavam pelo local, quarta-feira (09/11). Conforme testemunhas, a agressora é moradora da região e, em determinado momento, passou a xingar os africanos, que trabalham como vendedores ambulantes, e atirar bananas contra eles.

Uma das vítimas confirma que foi ofendida. "Ela falou: 'Negro de m..., sai daqui! Ladrão! Depois ela jogou todas as coisas dela e bateu a banana nele [outro senegalês], essa banana aqui", relata um dos trabalhadores, apontando para a fruta, jogada ao chão.

Ele, no entanto, ressalta que, antes, nunca havia sido tratado de tal maneira. "Nunca pensei isso daqui [do Brasil], porque tem muita gente boa. Tenho muitos amigos aqui no Centro", diz.

A pensionista Graciema Silva presenciou a cena e diz sentir-se envergonhada pela atitude da mulher. "Eu não entendo como o ser humano vê pessoas assim, que saem do país deles para vir para cá, buscando um pouco de dignidade, às vezes sem família sem nada, para chegar aqui e ser tratado com tanta discriminação", lamenta.

Graciema pediu desculpas aos africanos, em nome do povo brasileiro. "Ela não está representando o povo brasileiro. Você perdoa, você perdoa porque eu sou brasileira e alguém fez passar por esse tipo de coisa. Posso dar um abraço em você?", pediu, já esticando o braço ao vendedor.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher que ofendeu os rapazes sofre de algum tipo de transtorno mental e, por isso, foi encaminhada ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) para ser medicada. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.
Veja o vídeo da senhora pedindo desculpa aos senegaleses.

 

G1/PR

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário