14/10/2015 - Mais de 900 pessoas participam de ações do De Bem Com a Vida em Porto Alegre do Norte

Os participantes do encontro, tiveram a oportunidade de assistir vídeos, receber material orientativo, além de debater sobre o assunto.

 

Mais de 900 pessoas participaram de ações desenvolvidas pelos projetos sociais da Polícia Judiciária Civil, De Bem Com a Vida e De Cara Limpa Contra as Drogas, em Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste). Entre as ações, estão palestras em escolas e em diferentes segmentos da sociedade, com o objetivo de orientar e convocar os cidadãos para juntos enfrentar problemas sociais causados pelo consumo de álcool e drogas.

Nas atividades desenvolvidas no município, equipes do De Bem Com a Vida e do De Cara Limpa Contra as Drogas ministraram palestras na rede estadual de educação, conversando com os alunos, pais e professores sobre os malefícios do consumo de álcool e drogas na adolescência. No decorrer da semana, cerca de 800 pessoas participaram das palestras nas Escolas Estaduais Alexandre Quirino, 13 de Maio, Tapirapé e Gilvan de Sousa.

Os participantes do encontro, tiveram a oportunidade de assistir vídeos, receber material orientativo, além de debater sobre o assunto. Um dos pontos abordados durante a ação foi a responsabilidade dos pais e educadores na orientação dos filhos, para inibir o consumo de álcool e outras drogas na adolescência.

Em outra ação realizada no município, cerca de 120 pessoas, entre policiais civis e militares, comerciantes, vereadores, conselheiros tutelares, representantes dos Conselhos de Segurança e dos Direitos da Criança e do Adolescente, Promotoria de Justiça, participaram de uma audiência pública na Câmara Municipal de Porto Alegre do Norte para discutir a questão do consumo de álcool na adolescência e a ligação com incidência de crimes.

No encontro, foram apresentados problemas de saúde acarretados pelo consumo precoce do álcool, além de ser prestado orientação aos comerciantes sobre a proibição de vender bebida alcoólica a menores de idade, sendo especificada a intensificação de ações de repressão da Polícia Civil e Militar aos que insistem em descumprir a lei.

As palestras foram ministradas pelos policiais civis Jucelia Gonçalves Marchesan, Antonio Acelino de Almeida, Francisco Jesus da Silva, Marcelo Silva de Souza e pelo delegado Marcelo Henrique Maidame, além de contar com apoio de policiais de Porto Alegre do Norte.

O delegado, Marcelo Henrique Maidame, disse que as ações são uma forma de prevenção ao crime e ressaltou a importância da participação da sociedade, através de denúncias anônimas, realizadas pelos 197 ou 190.

A investigadora Jucelia Marchesan lembrou que o álcool e as drogas trazem sérios problemas para toda sociedade e não deve ser combatido apenas pela Polícia. “É um problema social e de saúde, devendo todos serem sensibilizados para combater esse mal”, disse.

De acordo com o investigador, Antonio Acelino de Almeida, toda ação desenvolvida pelo De Bem Com a Vida, visa incentivar os jovens a aproveitar a vida sem álcool e sem violência. Para o investigador Marcelo Silva o prejto é um meio de integrar a sociedade e a Polícia. “A informação e a integração realizada através dos projetos sociais é um caminho que pode evitar muitos crimes”, disse.

PJC
Mato Grosso

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário