14/10/2015 - Riva é preso pela terceira vez este ano

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PSD) foi preso em Cuiabá pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco). A prisão foi efetuada por volta das 17h e o ex-deputado já está detido no Centro de Custódia da Capital (CCC). Também foram decretadas as prisões de Geraldo Lauro e Maria Helena Ribeiro Alves Caramelo, ambos já investigados na Operação Metástase, deflagrada no dia 23 de setembro. 

Esta é a terceira vez que Riva vai preso só em 2015, todas por determinação da juíza Selma Rosane Santos Arruda, titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá. Em maio 2014 ele tambémfoi preso na 5ª fase da Operação Ararath, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal (MPF).

Até o momento, há infomrações de que Geraldo e Maria Helena ainda não foram presos ainda e agentes do Gaeco estão em diligências para cumprir os mandados de prisão expedidos pela juíza Selma Rosane. As prisões são desdobramentos da Operação Metástase.

Maria Helena e Geraldo Lauro são servidores efetivos da Assembleia Legislativa lotados no gabinete do deputado Gilmar Fabris (PSD).

Defesa de Riva
O advogado Valber Melo disse que ainda não teve acesso aos autos e não sabe por quais acusaões que Riva foi preso. Também integrante da banca de defesa de Riva, o advogado Rodrigo Mudrovisch afirmou em nota que por enquanto ainda não vai se manifestar sobre o caso até que tenha pleno conhecimento dos motivos que levaram à nova prisão “uma vez que ele já cumpria medidas restritivas e não oferecia risco algum de fuga ou à sociedade. Por enquanto não há o que declarar uma vez que ainda não tivemos acesso ao processo”, disse Mudrovisch.


Mais informações em instantes

 

 

 

Fernanda Escouto e Welington Sabino

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário