14/11/2015 - Taques afirma que MT tem 205 frentes de trabalho e é melhor estado no enfrentamento à crise do país

14/11/2015 - Taques afirma que MT tem 205 frentes de trabalho e é melhor estado no enfrentamento à crise do país

Mato Grosso é um dos nove estados da Federação que mantém capacidade de investimento e é o único que possui 205 frentes de trabalho. A explicação do governador José Pedro Taques (PSDB) aconteceu nesta sexta-feira (13), o trevo de acesso à Rodovia Emanuel Pinheiro (MT 251), durante o lançamento do Programa Pró-Estradas - Vale do Rio Cuiabá, no valor superior a R$ 1 bilhão, considerado o maior pacote de obras rodoviárias da história da região.

“Para mantermos nossa capacidade de investimentos, fizemos nosso dever de casa. E, graças a isso, hoje temos 205 frentes de trabalho. Mato Grosso cria oportunidades para o Brasil, gerando emprego e renda. Aqui não se fala em crise”, disse Pedro Taques, apontado para o prefeito Mauro Mendes (PSB), de Cuiabá, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf (PSDB).

O governador afiançou que o Estado conseguiu o equilíbrio fiscal e que obteve desconto no valor das obras, porque honra os compromissos nos valores e data certos. “Em nosso governo, o empresário não é tratado como ladrão. Tem certeza de que irá receber direitinho e pode fazer mais barato”, afirmou ele, para a reportagem do Olhar Direto.

Pedro Taques citou como exemplo da credibilidade de seu governo o fato de distribuir, em breve, gratuitamente, 800 mil camisetas para estudantes da rede pública estadual, fruto de uma parceria com a Associação Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampa). “Vamos doar duas camisetas para cada aluno. E isso só foi possível por causa da credibilidade, perante a classe empresarial”, justificou o chefe do Poder Executivo.

O secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Duarte, explicou que o Pró-Estradas - Vale do Rio Cuiabá assegura mais de R$ 1 bilhão, em investimentos, nos próximos quatro anos.

"São 66 intervenções rodoviárias em 13 municípios do Vale do Rio Cuiabá. Em sendo assim, o programa vai beneficiar mais de um terço da população de Mato Grosso, estimada atualmente em 3,2 milhões, além de turistas que vem conhecer o Estado", argumentou o secretário de Infraestrutura, para a reportagem do Olhar Direto.

Marcelo Duarte observou que, no total serão quatro obras de duplicação, 12 de construção, 11 de reconstrução e 39 obras de arte especiais que contemplarão pontes, viadutos e trincheiras. As obras irão se concentrar em 13 municípios: Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Santo Antônio de Leverger, Poconé, Barão de Melgaço, Rosário Oeste, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Jangada, Nova Brasilândia e Planalto da Serra.

 

 

Olhar Direto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário