14/111/2013 - Governador sanciona aumento para professores em Mato Grosso

O percentual sobe para 6% em maio de 2015 e 7% a partir de maio em 2016.

 

O governador Silval Barbosa (PMDB) sancionou, hoje, a "lei de política salarial" para os profissionais da Educação prevendo aumentos para os próximos dez anos. Os incrementos começam a valer a partir de março do ano que vem com reajuste de 5%. O percentual sobe para 6% em maio de 2015 e 7% a partir de maio em 2016. Entre 2017 e 2023 os reajustes são de 7,69% em cada ano.

Na mesma lei, também foi assegurado aos professores contratados temporariamente até 1º de maio de 2016 o direito ao correspondente a 33,33% da jornada semanal para atividades relacionadas ao processo didático-pedagógico. Fica garantido ainda o pagamento da revisão geral anual, nos termos estabelecidos para as demais carreiras do Poder Executivo.

Os impactos financeiros com os reajustes e benefícios não foram divulgados mas expectativa este ano, é que os gastos com despesas em Educação cheguem a R$ 1,4 bilhão. O governador Silval remeteu à apreciação dos deputados o projeto, depois que os profissionais encerrarem a greve que durou 66 dias, em outubro.

Em Mato Grosso há pouco mais de 400 mil alunos matriculados em escolas estaduais.

 

Weverton Correa

Comentários

Data: 15/11/2013

De: jose rezende

Assunto: o que é isso aqui?

Isso aqui é um jornal ou é o Boletim Informativo do Gabinete do Riva?

Novo comentário