14/12/2011 - PM apreende 14 bananas de dinamite em residências de Cuiabá

 

 

Três menores foram apreendidos e duas mulheres presas. 
Além dos explosivos, armas de fogo também foram apreendidas.
 
Quatorze bananas de dinamites e armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Militar, na tarde desta terça-feira (13), em duas residências localizadas no bairro Ubirajara, em Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, o material foi encontrado com menores de idade.
Ainda segundo a polícia, um dos jovens foi abordado por um policial, quando dirigia um veículo no bairro Jardim União. O garoto levou os policiais até a sua residência, onde foram encontradas as bananas, que supostamente iriam ser usadas em assaltos às agências bancárias, na capital.
 
O menor e a mãe dele foram encaminhados para a delegacia. A Polícia Militar também encontrou dinamites na casa da vizinha do menor. O Sargento da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam), Wilton Aparecido Novaes, informou ao G1 que na outra residência, estavam a mãe e sua filha de 15 anos que, segundo ele, ajudava o adolescente a esconder os explosivos e algumas armas de fogo também.
 
Ele disse ainda que no momento da apreensão outra menor de idade que estava na residência da vizinha tentou impedir que a polícia entrasse no local. “Encontramos alguns explosivos na casa. A filha da vizinha, de 15 anos, escondia algumas dinamites e armas na mochila para que não ficasse tudo na casa do adolescente. A outra jovem também de 15 anos tentou impedir entrássemos no local para apreender os materiais explosivos, então apreendemos ela também”, relatou
 
De acordo com o sargento, o Serviço de Inteligência da Polícia Militar chegou às residências através de uma investigação sobre roubos de explosivos de uma empresa de mineração. “Devido a uma investigação de outra ocorrência, começamos a somar informações e chegamos até o jovem. Foi pedido a realização de busca e apreensão na residência dele”, informou.
 
Os objetos apreendidos, as mães e os três adolescentes foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do bairro planalto. As investigações da origem dos produtos e das armas devem ser realizadas Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).
 
Do G1 MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário