14/12/2015 - Demandas emergenciais da região Sul de Mato Grosso são recebidas pela Assembleia Legislativa

Demandas emergenciais e anseios da população na região Sul de Mato Grosso foram ouvidas neste final de semana pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, por meio do projeto “Assembleia Itinerante: Valorizando o Legislativo”. Ao todo 10 municípios participaram em Rondonópolis (212 km de Cuiabá) da segunda edição do projeto.
 
Em meio às demandas ouvidas, debates sobre os próximos 30 anos do Estado foram realizados em palestras e reuniões com a população, classe política, produtora e empresarial.
 
O encontro ocorreu em Rondonópolis nos dias 11 e 12 de dezembro. Esta foi à segunda edição do projeto Assembleia Itinerante, iniciada em setembro no município de Comodoro.

A principal demanda reivindicada pelos 10 municípios foi quanto à área da saúde. Na ocasião foi solicitado o credenciamento de Rondonópolis para o recebimento de recursos para atender a área de cardiologia, que somam aproximadamente R$ 3 milhões. Também foram debatidas as cirurgias eletivas e UTIs móveis para a terceira maior cidade de Mato Grosso.
 
Outra demanda foi à ampliação da discussão sobre o novo Fundo de Transporte e Habitação (Fethab) e divisas territoriais.
 
De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Guilherme Maluf, a escolha por Rondonópolis para a realização da segunda edição do projeto é decorrente ao seu potencial, uma vez que a cidade vez crescendo e mostrando "para o Brasil que não pensa em crise, e sim em superação".
 
"A Assembleia Legislativa não está deixando de analisar os problemas atuais, mas também pensamos no futuro, em deixar um legado para aqueles que vivem nesse Estado, pois a Assembleia Itinerante aproxima o parlamento do cidadão, ouve as suas demandas", destaca Guilherme Maluf.
 
O chefe do legislativo mato-grossense reuniu-se com lideranças e a sociedade civil de Rondonópolis, Jaciara, Dom Aquino, São Pedro da Cipa, Juscimeira, Itiquira, Pedra Preta, São José do Povo, Guiratinga e Tesouro. Maluf esteve acompanhado dos deputados Ondanir Bortolini, o Nininho (PR), primeiro-secretário da Casa de Leis, e o deputado Max Russi (PSB).
 
Para o prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS), o projeto Assembleia Itinerante é uma proposta moderna de gestão pública. “É uma grande iniciativa, que permite que o povo possa se aproximar dos seus representantes e possam interagir, permite que os nossos parlamentares possam ter noção do dia-dia que cada município está vivendo, suas necessidades, seus pleitos, e além disso, trazendo prestação de serviço de cidadania, traz serviços de saúde, qualificação com cursos, é uma proposta inteligente e moderna".
 
Outro ponto do projeto considerado positivo pelas lideranças da região Sul do estado é quanto a discussão do futuro de Mato Grosso. “Entendo que Mato Grosso, pelas suas dimensões continentais, tem um interior que se sente distante do poder e iniciativas como esta faz com que a população perceba que o Legislativo é ferramenta importante no sentido de construir o seu ‘futuro, definir orçamento, instrumento importante de participação. Na região Sul, temos Rondonópolis com economia bem dinâmica, mas temos um entorno que tiveram o auge na atividade garimpeira e não conseguiram substituir, então é preciso definir uma vocação para esses municípios”, avaliou o vice-prefeito de Rondonópolis, Rogério Salles (PSDB).

 

 

 

Da Redação - Viviane Petroli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário