14/02/2016 - Ano começa com assaltos em Canarana

14/02/2016 - Ano começa com assaltos em Canarana

Canarana é uma cidade tranquila no quesito segurança. Mas é preciso ter cuidados. Acontecimentos neste início de ano mostram que não podemos relaxar na atenção. 
 

Na manhã do dia 22 de janeiro, a Polícia Militar prendeu quatro suspeitos em um Fiat Uno em frente ao Correios. Eles estavam trocando de roupa. No porta malas do carro foi encontrada uma pistola de pressão. Somente um deles possuía documentos pessoais. Eles foram levados até o quartel e lá um deles confessou que tinha passagem pela polícia por cédula falsa e outro confessou que já tinha passagem por tráfico de drogas. Como o sistema online para checagem estava fora do ar, não foi possível confirmar as informações e os quatro foram encaminhados para a Delegacia de Polícia. A PM acredita que eles estavam se preparando para assaltar a agência do Correios.
 

Na noite do dia 22 de janeiro, por volta das 21h00, uma senhora de 65 anos foi assaltada e feita refém. Uma mulher apareceu em sua residência pedindo por informações e pediu um copo d’água. Após, a vítima foi guardar o carro, que estava estacionado na rua, em sua garagem. Sua residência está localizado no bairro Jardim Tropical. Neste momento um homem apareceu e anunciou o assalto, mandando a senhora entrar no veículo. Ela se sentou no banco do carroneiro. A cerca de 300 metros, o suspeito parou o veículo para que sua comparsa, a qual havia pedido informações minutos antes, pudesse embarcar. A vítima foi levada para um matagal a cerca de 500 metros do Auto Posto Nogueira. Desceu do veículo e o suspeito, portando uma faca, a conduziu para dentro do mato, quando ordenou que deitasse ao chão. Porém desistiu de largá-la no local e ordenou que novamente entrasse no veículo, quando os assaltantes cobriram seu rosto. A levaram para outro matagal e desta vez foi a mulher que desceu com a vítima e a levou para dentro da floresta, ordenando que deitasse. Depois deitou com o joelho na nuca da senhora e fez ameaças de morte. A dupla de bandidos fugiu. A vítima, abalada e desorientada, viu luzes e caminhou até o Auto Posto Nogueira, onde pediu ajuda. O BO da PM não informa qual veículo era. As forças policias da região foram acionadas, mas não encontraram os suspeitos. Testemunhas viram o veículo passar pelo distrito da Matinha, em direção a Ribeirão Cascalheira. Ainda conforme o BO, a polícia já tem a identidade dos suspeitos.
 

Na noite do dia 25 de janeiro, por volta das 20h00, um elemento à mão armada assaltou o Supermercado Brasil, no bairro Nova Canarana. Mesmo estando com capacete, o assaltante foi reconhecido. Ele já tem várias passagens pela polícia e estava preso há poucos dias. O meliante levou todo o dinheiro que havia no caixa. O suspeito não foi localizado. (Da Redação).

 

 

 

Jornal O Pioneiro