15/03/2016 - Pedro Taques cumpre promessa de campanha e entrega escola em comunidade de Chapada dos Guimarães

15/03/2016 - Pedro Taques cumpre promessa de campanha e entrega escola em comunidade de Chapada dos Guimarães

Embora seja um compromisso aparentemente simples para o tamanho da máquina pública de Mato Grosso, o governador José Pedro Taques (PSDB) avalia que o principal item é moral: honrar a palavra empenhada. E é por isso que deu ênfase à inauguração da reforma da Escola Estadual São José, no último sábado (12), no distrito de Água Fria, em Chapada dos Guimarães: trata-se de uma promessa de campanha, cumprida com menos de dois anos de mandato.
 
Pedro Taques recordou prometeu durante campanha de 2014 e, depois, reiterou quando esteve na localidade em setembro de 2015, e que pediu ao secretário Permínio Pinto Filho, de Educação, maior atenção à obra. “A previsão era instalar apenas ventiladores nas salas, e eu pedi que fossem instalados aparelhos de ar condicionado. Eu disse: tire dinheiro de onde for. Eu quero a climatização, pois o povo, os alunos, desta comunidade merecem o que há de melhor”, destacou o chefe do Poder Executivo, acrescentando que todos merecem obras de qualidade.
 
A Escola São José  atende 550 alunos, sendo 200 na sede e os demais nas salas anexas em comunidades circunvizinhas. Construída há 50 anos, na gestão do então governador Pedro Pedrossian, em colaboração com a Câmara de Chapada dos Guimarães e o senhor Modesto Miranda de Oliveira conhecido como “Vereador”, a Escola nunca havia passado por relevantes melhorias ou adequações da estrutura física.
 
Para se receber condicionadores de ar, foi necessário demolir parte do antigo prédio para que erguer uma nova estrutura, com seis salas de aula, um laboratório de informática, biblioteca, refeitório e cozinha. Ao todo foram investidos R$ 987.999,20. O valor incluiu ainda a instalação do forro termoacústico, pintura, construção do conjunto de banheiros e de cobertura, instalações elétricas de baixa tensão, posto de transformação, climatização e instalações hidrossanitárias.
 
O prédio começou a ser reformado em 2014, mas as obras não foram concluídas pela empreiteira. A atual gestão da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) atuou a empresa responsável diversas vezes para resolver a situação. Após tentativas de negociação, o contrato foi rescindido.
 
Para o estudante Robert Vinícius de Oliveira, de 11 anos, que está no 7º Ano, a nova sede trará muitas melhorias para os alunos. “O ambiente limpo e com ar condicionado fica mais agradável. A gente presta mais atenção às aulas”, avalia o garoto, destacando que agora a escola tem mais espaço, um pátio limpo com gramado, local para brincar e mais segurança.
 
A dona de casa Rosângela de Lara Saldanha, mãe das alunas Aline e Franciele, do 9º e 6º anos, respectivamente, também comemorou a novidade. Ela agradeceu o empenho de todos para a conclusão da obra e assegurou que o ambiente escolar deve ser agradável para que o ensino-aprendizagem seja satisfatório. “É um presente que a comunidade aguardava com muita ansiedade. Esperamos agora que elas aprendam mais e que o ensino possa ser realizado com mais qualidade”, frisou.
 
A entrega da obra da escola contou com a participação de toda a comunidade de Água Fria, do governador Pedro Taques, do prefeito Lisú Keberstain, de Chapada dos Guimarães; de secretários de Estado, deputados, vereadores, dos secretários adjuntos de Política Educacional e de Administração Sistêmica da Seduc, Gilberto Melo e Juliana Formiga, respectivamente, entre outros.
 
Na oportunidade o governo do Estado também anunciou a obra de pavimentação da MT-020, ligando Chapada dos Guimarães ao distrito – com 45,9 Km. Obras celebradas pelos cerca de três mil habitantes da região.
 
Na cerimônia de entrega da escola, o secretário de Educação Esporte e Lazer Permínio Pinto destacou que embora a pasta tenha mais 17 obras para ser entregues em breve, em diversas regiões do Estado, esta foi a primeira da gestão e realizada pelo governador Pedro Taques.
 
“O projeto original de reforma da unidade era modesto e previa investimentos de pouco mais de R$ 200 mil, com recursos do Governo Federal. Mas nós reformatamos todo o projeto e aportamos mais R$ 600 mil com recursos próprios”, salientou Permínio, destacando que foram trocadas a armação do telhado, colocação de telhas, material termoacústico – com grande durabilidade.
 
Pedro Taques ponderou que é uma grande alegria entregar a escola e anunciar a obra na rodovia.  “Temos que falar pouco e fazer muito. Só quem mora aqui nesta comunidade sabe sobre as dificuldades de chegar. Na seca é poeira. Na chuva é lama. Só quem mora aqui sabe o que é ter seus filhos estudando em uma escola precária, sem qualidade”, completou Taques.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação - Ronaldo Pacheco

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário