15/05/2014 - Vereador é acusado de agressão a jornalista em Vila Rica, mas contesta

O incidente foi motivado devido à publicação de reportagem relatando que Luciano disse, na abertura da 10ª edição dos Jogos Escolares Regionais Mato-Grossenses realizada no último dia 8.

O presidente da Câmara de Vila Rica, Luciano de Souza Silveira (Pros), é acusado de invadir a residência e tentar agredir o jornalista Evandro Carlos Fracasso, proprietário do Jornal da Notícia. O boletim de ocorrência relata que o vereador entrou na casa e chutou a porta do quarto onde a vítima dormia. Segundo informações, a agressão só não foi consumada porque Luciano acabou contido por familiares do jornalista. Em seguida, o vereador deixou o local dirigindo veículo oficial do Poder Legislativo e falando em tom de ameaça que “isso não vai ficar assim”.

O incidente foi motivado devido à publicação de reportagem relatando que Luciano disse, na abertura da 10ª edição dos Jogos Escolares Regionais Mato-Grossenses realizada no último dia 8, que o município foi escolhido para sediar o evento porque as demais cidades do Norte Araguaia estavam inadimplentes. A declaração gerou constrangimento entre as delegações e foi desmentida pela assessora especial da Seduc, Simone Turcatto.

De todo modo, Evandro afirma que o vereador falou sobre a inadimplência dos municípios vizinhos para “bajular” o prefeito Luciano Alencar (DEM). “A reportagem só relatou o fato ocorrido e Luciano reagiu com selvageria. Se ele age assim com a imprensa, imaginem com o cidadão comum?”.

Outro lado

O vereador Luciano admite que foi à residência do jornalista para conversar sobre a reportagem, mas nega a agressão. O parlamentar ainda sustenta que a denúncia é inverídica e motivada por perseguição política. “Quem deveria fazer o boletim de ocorrência sou eu, que fui agredido verbalmente. O problema é que o Fracasso me trata mal desde que deixei o PTB e assinei ficha no Pros”, conclui. 

 

RD News
Jacques Gosch

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário