15/05/2015 - Operação prende suspeitos de integrar quadrilha de roubos em Barra do Garças

Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos, na manhã desta quinta-feira (14.05), em Barra do Garças, em uma operação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-BG) com o apoio da 1ª Delegacia de Polícia. A operação foi deflagrada com objetivo de apurar a atuação de uma quadrilha responsável por uma série de roubos na cidade.

Na ação, os acusados João Miguel Gomes Borges, 26, e Louraci Rodrigues da Silva,47, foram presos em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito e permitido.

As investigações,  apontam João Miguel  como um dos líderes do grupo criminoso que veio de Primavera do Leste e que está envolvido em vários roubos em Barra do Garças e região. O acusado possui várias passagens pelos crimes de roubo, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, policiais apreenderam com os suspeitos, uma pistola calibre 9 mm, 21 munições do mesmo calibre e 17 munições calibre 380.

Segundo o delegado, Wilyney Santana Borges, a quadrilha foi identificada durante investigações de roubos no município,  e vem sendo monitorada desde março deste ano. “Outros três integrantes do grupo já foram presos em ações anteriores, com mandados de prisão em aberto por diferentes crimes, cometidos inclusive em outros Estados”, disse.

“Com a prisão desses dois suspeitos, as investigações continuam para comprovar a associação criminosa e a participação da quadrilha em roubos que aconteceram recentemente no município”, completou o delegado.

Outras prisões

As investigações da Derf-BG identificaram e prenderam outras três pessoas acusadas de integrar a associação criminosa. Entre os presos está, Lucas Adriano Alves da Silva, que estava usando o nome falso de “Lucas Rafael de Araujo”. O suspeito estava com mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça do Estado de São Paulo, pelo crime de homicídio qualificado.

Também identificada como integrante da quadrilha, Laura Rodrigues da Silva teve o mandado de prisão cumprido, acusada do crime de tráfico de drogas, no Estado de Mato Grosso do Sul.

O acusado Izequiel Alves da Silva teve dois mandados de prisão em seu desfavor cumpridos em uma ação conjunta da Derf-BG, Polícia Federal, Polícia Militar e Núcleo de Inteligência de Água Boa. O suspeito é apontado como especialista em roubos a agencias dos Correios.

 

Escrito por assessoria de imprensa

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário