15/06/2011 - 14h:00 Queimadas: Prefeito de São Félix critica falta de assistência técnica ao pequeno produtor

O prefeito de São Félix do Araguaia, região nordeste de Mato Grosso, Filemon Limoeiro criticou, durante audiência pública promovida ontem à noite no seu município para discutir a questão das queimadas na região, a falta de orientação técnica aos pequenos produtores. “Eu acho que deviam aproveitar essas audiências para informa-los sobre como tratar a terra sem a necessidade de queimadas”, sugeriu o prefeito, lamentando que durante todo nenhum dos participantes tenha se preocupado com isto.

 

Filemon lembra que foi o governo que colocou essas famílias nas terras com a orientação para desmatar e plantar. “Agora vemos o Ministério Público e a Sema só falando em punir”, criticou o gestor, lamentando que nada tenha sido dito sobre como evitar as queimadas durante a audiência pública.

 

Ele lembrou que o pequeno produtor não tem trator de esteira e nem de pneu, apenas motosserra para derrubar as árvores. “Nós temos que ensinar esse povo como fazer para desmatar sem queimar e também como recuperar a área já desmatada”, acrescentou Filemon, lembrando que a Prefeitura de São Félix, com apenas um trator, está evitando 241 focos de queimada no município. “Nós colocamos essa máquina para gradear para 241 famílias”, contou, observando que se o município tivesse mais um trator poderia contribuir ainda mais com a redução das queimadas em São Félix, considerado um dos que mais queimou em 2010.

 

“Se o governo federal tivesse reduzir a queimadas e dar qualidade de vida a esse povos.  O que nós queremos e fazer com que o pessoal que mora aqui não queime mais. Eles precisam de orientação e isso nós não vimos aqui (na audiência pública). Até agora ninguém falou nisso”, ressaltou, contabilizando que 80% dos focos de queimada que ocorrem no município são provocados por pequenos proprietários por falta de apoio técnico.

 

E completou:  “Peço a todos que estão aqui que façamos palestras nos distritos, porque lá é que está o foco, e lá que está o problema maior. O fogo não sai da cidade, sai lá do interior para onde devemos levar um conhecimento maior de como trabalhar a terra e corrermos atrás do governo federal para cumprir o que foi prometido, que é nos passar maquinários”.

 

Entrevista: Vanessa Lima, de O Repórter do Araguaia

Texto: Sandra Carvalho

Publicada por: Ida Aguiar

 

 

Comentários

Data: 20/06/2011

De: PA Dom Pedro

Assunto: Queimadas

ISSO Sr. PREFEITO APROVEITA E LEVA O DEPUTADO (risos).

MAS AGORA LEVA O TRATOR E UMA BRIGADA PRA DEIXAR LÁ, NAO É ISSO QUE O SENHOR RELATA AÍ?

AGORA É FÁCIL FALAR ONDE TEM QUE SER FEITO A CONSCIENTIZAÇAO, MAS QUANDO ELES VÊEM PEDINDO AJUDA LEMBRA BEM DOQUE O SENHOR FALA. ¨QUE O ASSENTAMENTO É RESPONSABILIDADE DO INCRA E NAO DA PREFEITURA.

ELES SÓ SAO RESPONSABILIDADE DA PREFEITURA NO ANO DA POLITICA NÉ PREFEITO.

PENSA UM POUCO NO QUE FALA, ATÉ PARECE QUE SE PREOCUPA.

Data: 15/06/2011

De: Sergio de Sá

Assunto: queimadas

Ate parece que esseprefeito tá preocupado com esses pequenos rodutres/ tudo lhes tem negado como se esses assentados não fisessem parte do nosso municio/ que o incra é que tem que cuidar deles/ ora ser preifeito pqu então essa ganancia todo de admistrar os recusos que desde da epoca do preifeito joão abres estão p/serem liberados/ e o tal negocio se for para fazer p/assentados no faço nada/ mas esse dinhero deles vc quer meter a mão

Novo comentário