15/06/2011 - 15h:58 Índios se manifestam cobrando o Dnit e ameaçam bloquear a BR-163

 Dezenas de índios liderados pelo cacique Megaron Txucarramãe fizeram um manifesto, nesta quarta-feira, no centro da cidade de Colíder (650 km de Cuiabá), cobrando a implantação de programas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ao logo da BR-163, no Estado do Pará, que não teriam sido cumpridos pela autarquia. Eles ameaçam bloquear a BR-163, entre Sinop e Itaúba, com mais de 400 índios, se não forem atendidos.


Os indígenas reivindicam os recursos prometidos pelo governo federal, via Dnit, para compensações ambientais, por causa dos impactos da construção da rodovia federal no Pará. Segundo Megaron, o governo liberou recursos para algumas aldeias, mas para outras não. “Índio vem aqui fazer essa manifestação e pedir para prefeitura negociar com Dnit, antes que índio vai lá na BR 163 e fecha a rodovia”, explicou o cacique.

Depois de bloquear ruas, os indígenas foram até a prefeitura do município e conversaram com o secretário de Gestão Pública, Cláudio Scalon, já que o prefeito Celso Banazeski está viajando a trabalho. “Nós respeitamos o movimento e apoiamos, já que é uma manifestação democrática. As políticas de compensação para os povos amazônicos devem ser respeitadas. Eles reivindicam essa compensação em virtude do asfaltamento da BR-163, que vai afetar bastante o Parque Nacional do Xingu”, destacou o secretário, por meio da assessoria de comunicação.

“A Funai esta cumprindo com sua missão de proteção dos indígenas na área de influência da rodovia. É nossa missão acompanhar de perto o asfaltamento da BR e a mitigação dos impactos nas terras indígenas do entorno”, afirmou o presidente da Funai, Márcio Meira, em entrevista à TV Tropical.

Os índios também reivindicam que o governo do Estado mantenha as políticas indígenas ligadas à Secretaria da Casa Civil e não ao vice-governador Chico Daltro. Segundo eles, há um projeto em tramitação mudando a competência para a vice-governadoria.

 

De Sinop - Alexandre Alves

 

Foto: Wil Scaliante

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário