15/07/2015 - Taques anuncia economia de R$ 180 mi em contrato e destina recurso para hospital de Cuiabá

O governador José Pedro Taques (PDT) anunciou que o governo de Mato Grosso conseguiu economizar R$ 180 milhões em contratos de gerenciamento e supervisões de obras da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).  “Com seriedade e esforço, nós economizamos aqui o valor de um hospital”, observou ele.
 

Pedro Taques assegurou que parte do dinheiro economizado será investido na construção do novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá. “O investimento inicial gira em torno de R$ 80 milhões: o Estado entra com R$ 50 milhões e a Prefeitura de Cuiabá com R$ 30 milhões. Depois, serão necessários mais R$ 100 milhões, para equipamentos de última geração”, ponderou ele, para a reportagem do Olhar Direto.
 
Há duas semanas, Pedro Taques e o prefeito Mauro Mendes (PSB), de Cuiabá, assinaram ordem de serviço para início das obras do Hospital Municipal, pelo consórcio formado pelas empresas Concremax e Lotufo Engenharia.
 
Na gestão passada, os gastos previstos nesses contratos giravam em torno de R$ 193 milhões, entre os contratos vigentes e aqueles que estavam prontos para serem assinados. No entanto, com atual modelo de planejamento estratégico, a estimativa é reduzir o investimento para R$ 13 milhões.
 
“A atual gestão do Governo do Estado tem focado na economia do dinheiro público, e na exigência da qualidade de obras”, observou secretário Marcelo Duarte, de Infraestrutura e Logística. Ele explicou que uma licitação especial para contratação de nova gerenciadora foi aprovada pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Condes).
 
Pedro Taques lembrou que a economia, na Sinfra, não causa prejuízo à execução das 101 metas estabelecidas para pasta, no contrato de resultados, neste segundo semestre. “Em Estados com dimensões continentais, como o nosso, a logística de transporte com rodovias, hidrovias e ferrovias e os demais modais se mostram significativos para que possamos transformar a realidade”, emendou Pedro Taques.  

 

 

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário