15/08/2012 - Dois brasileiros morrem queimados vivos em praça pública na divisa de MT com a Bolívia

Dois brasileiros morreram queimados vivos, no povoado de San Matías, situado na fronteira da Bolívia com o Brasil, próximo a Cáceres (MT). O crime aconteceu nesta terça-feira, quando cerca de 300 homens invadiram a cela da delegacia. 

Os brasileiros são acusados de assassinar três bolivianos após uma discussão na segunda-feira (13). "Os dois foram queimados a cinco metros da porta do posto policial", conforme disse o oficial Grover Ramos ao site do jornal "El Deber", de Santa Cruz, região que engloba San Matías.

Antes de queimar os dois homens, o grupo ateou fogo no carro da polícia. Os brasileiros foram retirados da delegacia e a multidão os encharcou com gasolina e logo depois atearam fogo, conforme informações do “El Deber”. 

Na delegacia de San Matías, que fica na fronteira com o Brasil, a 80 quilômetros de Cáceres (MT), havia apenas sete policias na hora . Eles tentaram impedir a multidão jogando gás. 

As primeiras investigações apontam que Rafael disparou contra os bolivianos Pablo Parava, Wanderley Costa e Edgar Suárez após uma discussão sobre o preço de duas motocicletas que os brasileiros tentavam vender. 

 

Da Redação - Victor Cabral

Comentários

Data: 15/08/2012

De: eu

Assunto: se derão mau

Acharam que estavam no brasil onde mata quem quer e fica poriço mesmo la o povo faz justiça com as proprias mãos.

Novo comentário