15/08/2013 - Comissão contorna manobra e aprova convocação de ministra sobre terras indígenas

A Comissão de Integração Nacional Desenvolvimento Regional e Amazônia (CINDRA) da Câmara Federal aprovou nesta quarta-feira (14.8) a convocação da ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann para debater a demarcação de terras para criação de terras indígenas.

O requerimento extra pauta é de autoria do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT). Segundo ele, a aprovação ocorreu após o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, ter se ausentado de audiência público na comissão a pedido do Palácio do Planalto.

Leia Mais:
FPA estuda nova convocação da ministra Gleisi Hoffmann sobre demarcação de terras indígena
Justiça procura solucionar problema de invasões indígenas com arrendamento; setor é contra

“A Embrapa foi impedida por três vezes de vir ã casa e explicar erros e ilegalidades nos laudos da Funai no Paraná. Como a Embrapa não tem, Queremos que a ministra venha dar explicações, que é a grande preocupação”,

De acordo com o parlamentar, existem indícios de uma série de fraudes em laudos antropológicos que estão sendo usados para expropriar terras produtivas.

A manobra do governo, seguida da aprovação da convocação, gerou confusão na comissão. Deputados do PT tentaram contornar a situação e transformar a convocação em convite, mas foram derrotados por voto.

Esta será a segunda participação da ministra na Câmara. Em sua última audiência na comissão de agricultura, Gleisi prometeu suspender as demarcações no Paraná. A data da audiência ainda não foi definida, mas deve ocorrer dentro de 30 dias.

 

De Brasília – Vinícius Tavares

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário