15/08/2015 - Chacina em Osasco e Barueri (SP) mata pelo menos 19 pessoas

Assassinatos aconteceram em um intervalo curto, de 1 hora e meia. Sequência de crimes faz a polícia acreditar em ação organizada.

 

Noite muito violenta na Grande São Paulo. Uma série de ataques, em Osasco e Barueri, deixou, pelo menos, 19 mortos. Os assassinatos aconteceram em um intervalo curto, de cerca de 1 hora e meia.

 

Quinta-feira, 13 de agosto, 8h49 da noite. Segundo a Polícia Militar, 10 pessoas foram baleadas em um bar que fica no Jardim Munhoz Júnior, em Osasco. Quatro morreram no local.

“Chegaram dois carros, com vários indivíduos, perto do bar, não procuraram por ninguém, chegaram atirando em todo mundo e saíram. Até pensamos que era bomba”, disse um comerciante.

Das seis pessoas socorridas e levados ao hospital, três não resistiram aos ferimentos e também morreram.

Depois do tiroteio no Jardim Munhoz, outros se sucederam em Osasco.

9h25 da noite: um assassinato na Rua Cuiabá. 9h29: mais quatro pessoas baleadas e socorridas, uma acabou morrendo. 9h30: uma morte na Avenida Eurico da Cruz. 9h33: duas mulheres foram baleadas e não correm risco de morte. 9h55: durante um tiroteio, duas pessoas se feriram, uma morreu no local e a outra foi socorrida.

Às 10 horas da noite, um homem morreu na Rua Professora Sud Menucci e outros dois na Avenida Astor Palamin. Eles estavam na frente de um comércio quando foram mortos. Moradores não quiseram gravar entrevista, mas contaram à polícia que, pelo menos, quatro tiros foram ouvidos.

A polícia também registrou três mortes em Barueri. Em uma hora e meia, foram, pelo menos, 19 assassinatos nos dois municípios da região metropolitana de São Paulo.

"A polícia acredita que os crimes têm relação pelo horário, né, na realidade foi quase que sequencial, então, provavelmente, houve uma sequência de ações desse grupo", explicou Flávio Sabino, policial militar.

 

Marcelo PoliOsasco, SP

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário