15/08/2016 - Menor é quase linchado ao roubar boate

15/08/2016 - Menor é quase linchado ao roubar boate

Assalto praticado por quatro criminosos em uma boate deixa três feridos. São duas vítimas e um dos criminosos, que acabou preso quando tentava pular o muro e fugir. O infrator de 17 anos está hospitalizado e é acusado de com os cúmplices espancar as vítimas durante roubo.

Roubo ocorreu na Boate Maria Antônio, no bairro Jardim Presidente 1, em Cuiabá, por volta das 19h50 de sábado (13). Quatro criminosos portando arma de fogo renderam funcionários e proprietários e com extrema violência renderam todos.

As vítimas C.A., 48, A.S.S., 53., e O.S., 45, foram agredidas a chutes, socos e coronhadas desferidas por arma de fogo. Criminosos exigiam dinheiro e objetos de valor. Depois de pegarem celulares e dinheiro deixavam o local, quando um dos quatro criminosos não conseguiu pular e caiu de volta.

Era justamente o adolescente R.E.M.S., 17, que portava um revólver calibre 38 e foi o mais agressivo durante o assalto.Teria inclusive feito um disparo durante as ameaças, atingindo de raspão a cabeça de uma das vítimas.

Quando perceberam que o ladrão caiu do muro, as vítimas que haviam sido rendidas partiram para cima de R. e entraram em luta corporal, para retirar a arma de fogo das mãos dele.

Conseguiram imobilizá-lo e quando os policiais militares do 9º Batalhão chegaram ao local ele já estava rendido e bastante ferido. Como vítimas e criminoso apresentavam muitos ferimentos pelo corpo, policiais acionaram uma ambulância do Samu, que fez o transporte de três dos envolvidos ao Pronto-Socorro da Capital.

Até a manhã do domingo (14), o adolescente continuava hospitalizado. Mesmo assim foi autuado pelo crime de roubo e o revólver calibre 38 que portava foi apreendido, juntamente com as 6 munições, uma delas deflagrada.

Procedimento será encaminhado para Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), que dará sequência as investigações para identificar os outros três envolvidos no roubo.

 

 

Silvana Ribas, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário