15/09/2011 - Estado 'desperta' e lança 1,2 mil novos policiais militares nas ruas

Em meio aos elevados índices de violência em Mato Grosso, o governo do Estado decidiu reagir e convocou 1,2 mil policiais, aprovados em concurso público, para entrarem nas ações de combate à violência. Os novos PMs vão trabalhar na Operação Ponto X, nas chamadas ‘zonas quentes’ da Grande Cuiabá, que contam com uma grande incidência de crimes e que receberão atenção especial e número ostensivo de policiais para o combate ao crime.

O novo efetivo dará uma nova dinâmica nas ações de policiamento em Cuiabá e Várzea Grande, que, no total, contam com cerca de 70 pontos de maior incidência de violência. A partir de agora essas áreas contarão com rondas policiais a pé, além dos habituais serviços ofertados nas viaturas. “A população vai ter uma maior sensação de segurança”, disse o comandante da Polícia Militar, coronel Farias.

Só na capital a nova oferta de policiamento proporciona a inserção de 300 policiais diários em rondas nas ruas de bairros, e no chamado ‘quadrilátero central’, área que cobre a Avenida Dom Bosco, até a Avenida Mato Grosso.

“Sabemos que não é o suficiente para acabar com a criminalidade, mas é um diferencial muito marcante”, ressaltou o secretário de Estado e Segurança, Diógenes Curado.

A operação teve início no último sábado (10) e, apesar do pouco tempo, segundo o coronel Farias, já apresentou uma diferença na diminuição da criminalidade. Ele afirma ainda que as ações policiais resultaram na prisão da quadrilha de assaltantes do Banco do Brasil em Campo Novo e nas recentes prisões de integrantes de outros bancos, foram resultados do maior efetivo que está sendo aplicado às ruas.

 

 

Da Redação - Priscilla Vilela

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.