15/09/2014 - Pedro Taques promete fortalecer turismo ecológico e programa próprio ao setor

Mato Grosso, com Cerrado, Pantanal e pedaço da Floresta Amazônica, tem grande potencial para o turismo ecológico. Pensando nisto, o candidato ao governo de Mato Grosso pelo PDT, Pedro Taques, prometeu assumir o compromisso de planejar um programa voltado para o desenvolvimento deste setor.

O candidato, em visita à cachoeira Salto das Andorinhas, em Aripuanã (1.050 Km de Cuiabá), criticou a gestão do governo atual em relação ao turismo ecológico. De acordo com a assessoria, o objetivo do programa a ser desenvolvido é promover o potencial de regiões que estão ‘esquecidas’, além de fortalecer as atividades turísticas nas regiões tradicionalmente freqüentadas.
 
Para o pedetista, o turismo ecológico se apresenta como uma ferramenta de conservação ambiental e de busca do desenvolvimento sustentável. “Esse estímulo do governo do Estado beneficiará igualmente os setores de comércio e serviços nos locais e, consequentemente, teremos geração de mais empregos e renda para a população. O Estado não pode ser um ‘atrapalhador’, ele precisa estimular o desenvolvimento econômico a partir da vocação de cada região. No nosso governo nenhum mato-grossenses ficará para trás”, disse Pedro Taques, durante visita à cachoeira Salto das Andorinhas, em Aripuanã.
 
Entre as localidades que serão contempladas com os investimentos do governo, está a Caverna do Jabuti, localizada no município de Curvelândia e tombada como Patrimônio Histórico e Artístico em março deste ano. Além isso, receberão atenção do Estado as cachoeiras Salto das Nuvens, em Tangará da Serra, e Salto das Andorinhas, em Aripuanã. Os tradicionais pontos turísticos ecológicos do Pantanal, Jaciara, Nobres e Chapada dos Guimarães também estarão inclusos no programa.
 
O candidato do PDT analisa, porém, que só o investimento nos locais com potencial turístico não seria suficiente para atingir o propósito de trazer turistas ao Estado. Para isso, o governo precisa investir na logística, isto é, nas estradas, que, atualmente, estão deterioradas por inúmeros buracos, no caso das que já possuem asfalto.
 
Uma das preocupações de Pedro Taques, que se transformou em compromisso na campanha eleitoral deste ano é, justamente, olhar com mais atenção para as localidades menos favorecidas social e economicamente “Um Estado justo não é o que trata a todos de maneira de igual, mas sim de forma diferente aqueles que precisam mais”, afirma.

 

 

Da Redação - Stéfanie Medeiros

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário