15/10/2014 - Janaína afirma que quer reunião com Taques assim que assumir mandato

Assim que assumir o mandato em fevereiro do ano que vem, a deputada estadual eleita, Janaína Riva (PSD), pretende se reunir com o governador eleito Pedro Taques (PDT), para discutir sobre como será a relação entre o Executivo e o Legislativo estadual. “Quero ter a oportunidade de sentar e conversar com ele para ver se o que ele falou e usou no discurso de igualdade, de não dar privilégios para nenhum deputado, será cumprido em seu mandato. E vou fazer com que a população saiba disso também”, explica em entrevista ao Grupo Rdnews, nesta terça (14).

 

Sustenta que a estratégia para ter uma boa atuação na Assembleia será priorizar a população e que, embora seja oposição, em determinados momentos será importante dialogar com o futuro chefe do Estado. “Se eu for valorizada como deputada e meus 48 mil votos forem respeitados, acredito que serei muito bem tratada, até porque minha intenção não é denegrir ou falar mal de ninguém. Minha intenção é contribuir com a gestão”, observa.

 

A social-democrata afirma que será oposição de forma coerente e propositiva, além de acreditar que houve deputados de oposição ao atual governo que contribuíram mais do que alguns da situação. “É importante ter alguém para contrapor”. Diante da expectativa, destaca que se Taques cumprir o que disse durante a campanha eleitoral, ela será ouvida e terá portas abertas para atender suas bases. “As necessidades são do povo que votou não só em mim, nele também”.

 

Atuação

Janaína foi eleita com 48,1 mil votos, equivalentes a 3,25% da preferência do eleitorado, ficando atrás apenas do deputado reeleito, Mauro Savi (PR), que teve 55,2 mil (3,72%), e será a única mulher na Assembleia a partir de 2015, além de ser a mais nova entre os 24 parlamentares. Por conta disso, garante que defenderá pautas ligadas aos direitos das mulheres e da juventude, mas sem deixar de lado a postura municipalista adotada pelo pai, José Riva (PSD), que deixará o Legislativo em dezembro e passará a exercer o papel de conciliador e orientador de Janaína.

 

Neste sentido, a deputada eleita adianta que contará com a experiência do parlamentar para atuar no cotidiano da Assembleia. “Meu pai sempre foi conciliar e orientador dentro de casa, em toda a minha vida. Sempre gostou de opinar, mas sempre respeitou minha opinião”, conclui.

 

 

Camila Cecílio

Comentários

Data: 15/10/2014

De: Leca

Assunto: Riva

Mas ela vai pedir essa reunião pra que será? Acho que já quer dinheiro, tem alguma proposta tentadora....

Data: 15/10/2014

De: Eleitor

Assunto: Beleza

Ela é Linda

Novo comentário