15/12/2015 - PF pede prisão de índios por homicídio

15/12/2015 - PF pede prisão de índios por homicídio

O delegado da Polícia Federal, Hércules Ferreira Sodré, irá encaminhar nesta terça-feira (15) pedido de prisão preventiva de 3 índios da etnia Enawenê-nawê em Juína (735 km noroeste de Cuiabá), acusados de matar os jovens Genes Moreira dos Santos Júnior, 24, e Marciano Cardoso Mendes, 25.

Sodré acredita que existem elementos suficientes para sustentar a decretação da prisão dos envolvidos no duplo homicídio. O inquérito segue em segredo de justiça.

Agentes federais estão desde a última sexta-feira (11) em Juína, na região da aldeia, onde investigam o caso. Buscas realizadas para a localização dos corpos e depoimentos colhidos de índios e de um funcionário da Fundação Nacional do Índio (Funai) apontam para a autoria do crime.

Entenda o caso

No último sábado a PF recebeu os corpos dos amigos. Eles estavam envoltos em uma lona preta, um deles foi morto a pauladas e o outro a tiros.

Os jovens estavam desaparecidos desde quarta-feira (9) após passarem por bloqueio de cobrança de pedágio, na BR-174, entre Juína e Rondônia. Eles viajavam para comprar roupas e revender em uma loja da cidade.

Índios da etnia Enawenê-nawê bloqueiam constantemente trechos da BR-174 próximo ao município e cobram pedágio dos motoristas que passam pelo local. Eles querem que o governo faça a manutenção da estrada que dá acesso a aldeia. A briga se estende desde o ano passado

 

 

Jéssica Moreira, repórter do GD.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário