16/01/2016 - Eder Moraes é ouvido pela Fazendária

16/01/2016 - Eder Moraes é ouvido pela Fazendária

Preso desde o último dia 4 de dezembro por ter violado 92 vezes as regras de uso da tornozeleira eletrônica, o ex-secretário de Estado, Eder Moraes, prestou depoimento na manhã desta sexta-feira (15), na Delegacia Fazendária de Cuiabá, no Centro Político Administrativo (CPA).

Ex-ocupante de cargos importantes nos governos de Blairo Maggi (PR) e Silval Barbosa (PMDB), Éder Moraes Dias, que também foi presidente da extinta Secopa, ligada diretamente ao gabinete do governador Silval Barbosa, é considerado “peça chave” em algumas investigações, principalmente nas que tratam de lavagem de dinheiro e chegou a denunciar vários esquemas que foram praticados na administração anterior.

Não se sabe o teor da oitiva dada pelo ex-secretário à Polícia Fazendária, porém, informações não oficiais dão conta de que o depoimento pode estar relacionado à questão dos pagamentos de cartas de crédito (precatórios) emitidos em favor de servidores da Secretaria de Fazenda.

Após ser ouvido, Eder Moraes foi novamente encaminhado para o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), anexo ao antigo presídio do Carumbé, hoje Centro de Ressocialização de Cuiabá.

Em novembro de 2015, o ex-gestor público foi condenado a cumprir 69 anos de prisão em decorrência da operação Ararath, desencadeada pela Polícia Federal em 2013.

 

 

Luiz Acosta, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário