16/02/2012 Siqueira apresenta à ministra Izabella projeto da rodovia Transbananal

 

O governador Siqueira Campos apresentou à ministra do Meio Ambiente, Izabella Mônica Vieira, o projeto da travessia da Ilha do Bananal, a TO-500 (rodovia Transbananal). O encontro ocorreu no início da noite dessa terça-feira, 14, e fechou a agenda da comitiva do governo tocantinense na série de reuniões na Esplanada dos Ministérios. 

“Essa rodovia servirá como um corredor de exportação e de integração nacional e regional na parte central do Brasil", propôs o governador. Mais cedo, acompanhado de secretários de Estado e do senador Vicentinho Alves, o governador teve compromissos nos ministérios da Agricultura e do Turismo. 

À ministra, Siqueira Campos definiu a rodovia como "o caminho mais curto entre o Atlântico e o Pacífico". Para ele, trata-se de um caminho que garantirá a ligação no sentido horizontal das distâncias no país, interligando as regiões Centro-Oeste e Norte, passando pelo Tocantins, até Salvador, na Bahia...

"Acredito neste projeto, pois quando a rodovia estiver construída, a Transbananal encurtará em até mil quilômetros as distâncias para o escoamento de produtos que saem hoje do Mato Grosso, Pará e Tocantins até os portos de Salvador. Isso sem contar que a mesma rodovia permitirá o escoamento da produção do Norte e Centro-Oeste via Oceano Pacífico", afirmou.

A ministra demonstrou interesse no projeto e sinalizou que os trâmites para o avanço nas discussões devem ser postos em andamento - licenciamento, estudos, planejamento, prospecção para verificar a viabilidade do projeto. A rodovia, por enquanto, está em fase de elaboração do EVTEA - Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental.

A rodovia Transbananal, que tem nome oficial sugerido em homenagem ao cacique Idjarruri Karajá, importante líder indígena falecido em 2004, prevê mais que a abertura de novas fronteiras comerciais e agrícolas. Ela permitirá ainda a implantação da rede de energia elétrica da Hidrelétrica de Peixe (TO) em direção ao Mato Grosso e ao Pará e o desenvolvimento do turismo, com aproveitamento do complexo dos rios Tocantins, Formoso, Javaés, Araguaia e Ilha do Bananal, que forma, como define Siqueira Campos, "o pantanal tocantinense".

Como cortará áreas indígenas em seu trajeto, a TO-500 prevê atenção especial às comunidades indígenas, que, pelo projeto, contarão com um percentual de pedágio na rodovia, a possibilidade de implementação de um programa turístico em terras indígenas e a construção de passagens para população e animais silvestres ao longo do trecho.

 

Escrito por O Girassol   

Comentários

Data: 16/02/2012

De: Tenho Duvida

Assunto: Transfilemom

Tenho duvida porque a BR 158 vai ser desviada, por passar em um area indigena sendo uma rodovia federal o proprio governo federal nao esta conseguindo, sera que vao conseguir abrir uma estrada dentro de uma reserva indigena localizado na maior ilha fluvial do mundo. Vai ser muitas brigas de ONG nacionais e internacionais, Sai dessas senhores politiqueiros enganadores.

Data: 16/02/2012

De: sabio

Assunto: transbananal

esse velhinho e o bicho da goiaba.

Data: 16/02/2012

De: Rodovia

Assunto: Sim

É sabido que rodovia já temos, só resta o asfalto. Vamos vê se sai alguma coisa nesse verão.

Novo comentário