16/03/2016 - Taques avalia negociar dívida com União

16/03/2016 - Taques avalia negociar dívida com União

O governador Pedro Taques (PSDB) e outros 13 governadores participaram de uma reunião com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, em Brasília, nesta terça-feira (15) para tratar sobre o alongamento da dívida do Estado com a União, por mais 20 anos.

O governador disse que avaliará o cenário para que possa aderir, ou não, à proposta do Governo Federal. Caso faça a opção pelo alongamento, Mato Grosso ganhará mais dez anos para quitar a dívida, com quatro anos de carência, período em que será feito apenas o pagamento de juros. Essa negociação é possível para dívidas contratadas até 31 de dezembro de 2015.

A proposta que visa aliviar as dívidas dos estados concederá um desconto temporário de 40% do valor das prestações por um ano.

“Preciso pensar os cenários a respeito. Para Mato Grosso seriam R$ 150 milhões a menos a pagar se aceitássemos a carência, mas preciso saber qual o volume de operação de crédito a que teríamos possibilidade”, explicou.

Porém, o governador pontuou que os estados que sediaram o evento Copa do Mundo, realizaram operações de créditos, podem ficar de fora da carência de 4 anos. "Existe uma analise realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e por isso,alguns estados podem ficar de fora".

Em outras ocasiões, Pedro Taques disse que as unidades federativas precisam também de "dinheiro novo". Sugerindo novos empréstimos. 

O projeto ainda será enviado ao Congresso Nacional para ser aprovado.

 

 

Fernanda Leite, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário