16/04/2012 - Movimento Sem Terra bloqueia BR-163 nesta segunda-feira e reivindica audiência com Dilma

 

Mais de 500 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) bloquearão a BR-163, entre Sorriso e Sinop, nesta segunda-feira (16), por volta das 5h30, reivindicando uma audiência com a presidente Dilma Rousseff em Brasília para tratar da liberação de recursos para a reforma agrária.
 
A interrupção no tráfego será feita a seis quilômetros de Sorriso. A confirmação foi feita ao Olhar Direto por Teca Silva, uma das líderes do movimento e responsável pela comunicação do MST no local. “Já estamos aqui com mais de 200 pessoas e nesta noite chegam outras 300 de várias cidades da região para bloquear a rodovia na segunda-feira”, informou.
 
Teca disse que a interrupção da pista faz parte do “Abril Vermelho”, do MST, que faz manifestos por todo o Brasil neste mês, cobrando avanço da reforma agrária no país. “Além do bloqueio aqui, teremos em outras partes do Brasil. E também teremos uma equipe do MST levando reivindicações em Cuiabá nesta segunda-feira, e outra do MST nacional em Brasília, cobrando a reunião com a Dilma”, disse Teca.
 
Na região Norte de Mato Grosso, o MST quer vistorias em fazendas destinadas a assentamentos rurais, reconhecimento de assentamentos já existentes em Sorriso, Cláudia e União do Sul, e liberação de cestas básicas aos assentados. 
 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já foi informada do manifesto dos sem terras e deve monitorar o bloqueio na região, para evitar possíveis confrontos. O MST informou que apenas ambulâncias com pessoas enfermas vão passar pelo local.
 
De Sinop - Alexandre Alves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário