16/04/2013 - Ministro do TCU fica satisfeito com o andamento das obras da Copa do Mundo em Cuiabá

O relator de Fiscalização das Obras da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, ministro do Tribunal de Contas da União, Valmir Campelo, ficou satisfeito com o andamento dos projetos que estão sendo executados em Cuiabá para a Copa do Pantanal. A opinião de Campelo foi manifestada ao final da visita que ele fez na manhã desta segunda-feira, 15, às principais obras que estão sendo implantadas na cidade e ouvir detalhada explanação do secretário extraordinário da Secopa, Maurício Guimarães, sobre os projetos que vistoriou.

 

A comitiva encabeçada pelo ministro Campelo visitou o viaduto da UFMT (obra para implantação do VLT com recursos do BNDES e Caixa Econômica), passando em seguida pela Trincheira Jurumirim/Trabalhadores (obra de Travessia Urbana financiada pelo DNIT) e terminando na Arena Pantanal, que está sendo construída com recursos próprios do Governo do Estado, com financiamento do BNDES.

 

Fizeram parte da comitiva, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Orlando de Almeida  Perri; o presidente do TCE, José Carlos Novelli; o relator das obras da copa do TCE, Antonio Joaquim,  presidente da Assembleia Legislativa, José Geraldo Riva; o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes;  o prefeito de Várzea Grande,  Wallace Guimarães, além das Comissões de Acompanhamento das Obras da Copa do Mundo  da  Assembleia Legislativa e também da Câmara Municipal de Cuiabá.

 

Logo após a apresentação feita pelo secretário Maurício Guimarães, o ministro Campelo afirmou, em seu discurso, que estava muito satisfeito com o que viu em Cuiabá, conforme ele teve oportunidade de verificar pessoalmente. Campelo disse que torce para que a Copa do Mundo seja um sucesso, mesmo que a Seleção Brasileira esteja tropeçando em algumas partidas amistosas que tem disputado...

 

Campelo disse ainda que ficou muito entusiasmado com Cuiabá, que é uma cidade que não foi planejada, mas que as obras para a realização da copa estão mexendo com o povo cuiabano. Mas lembrou que as obras de mobilidade urbana vão ser um grande legado para os cuiabanos, citando que vai melhorar muito o transporte coletivo. "As dificuldades de hoje serão um grande  sucesso melhor amanhã" disse o ministro do TCU.

 

Disse ainda o ministro que são grandes os recursos da Copa do Mundo, mas que ele está de olho em alguns itens como os possíveis sobre preços que não podem ser admitidos, ressaltando que o TCEs, MPEs, e outros órgãos fiscalizadores das obras da Copa do Mundo onde o certame será realizado, estarão todos prontos para coibir abusos.

 

O procurador geral do Estado, Paulo Prado, também usou da palavra na ocasião para dizer que Cuiabá  torce para que as obras da copa deem certo e que vai lutar para que isso aconteça. Prado destacou o trabalho que representantes de todos os segmentos estão desenvolvendo com vistas ao sucesso da Copa do Pantanal. E destacou que o MPE está de portas abertas para receber denúncias sobre irregularidades sobre irregularidades nas obras da Copa do Mundo.  

 

O presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, destacou o trabalho sintonizado que MPE, TCE, AL e outros órgãos estão desenvolvendo pelo sucesso da Copa do Mundo em Cuiabá. Riva aproveitou para dizer que a sociedade tem ouvido muitos discursos pessimistas e conclamou a população jogar a favor e não contra a Copa do Mundo do Pantanal. Com base nas explanações de Guimarães, Riva disseque acreditar que o VLT entra mesmo em operação na Copa do Mundo.

 

Valdemir Roberto
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário