16/04/2014 - "Se tivesse dinheiro dava para ele comprar drogas para não passar essa vergonha", diz avó ao ver neto preso

Um adolescente foi apreendido acusado de trabalhar como "olheiro" dos traficantes no bairro do Cabula. Segundo informações do Major Estrela, o menor liga para os traficantes para avisar quando a polícia chega ao local. Com o jovem foi apreendida maconha.

No momento da ação da polícia, a avó do acusado chegou e ficou desesperada ao ver o neto preso. A mulher de 63 anos disse que sempre da conselho para o rapaz, mas ele diz que não tem trabalho para comprar a droga.

— Eu não tenho dinheiro para dar a ele para ele comprar (droga). Se tivesse eu dava, só para ele não vir aqui, pra ficar aqui, para eu estar passando vergonha.

Quando questionado sobre o sofrimento da avó, o adolescente disse que não tinha nada a declarar. O major afirmou que dá tristeza à polícia.

— Não pense que a gente fica feliz quando encontra um jovem metido na criminalidade. A gente quer que tenha uma revolução social, pacífica, onde a lei acorde para essa realidade.

 

 

Do R7

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário