16/04/2015 - Polícia Civil indicia falso dentista que atuava há mais 40 anos em Colniza

16/04/2015 - Polícia Civil indicia falso dentista que atuava há mais 40 anos em Colniza
Um homem que atuava ilegalmente como dentista foi indiciado em inquérito da Polícia Judiciária Civil, nesta quarta-feira (15.04), no município de Colniza (1.065 km a Oeste da capital). O falso dentista, Eldon Echer, atuava de forma ilegal na profissão há mais de 40 anos e irá responder pelos crimes de exercício ilegal da profissão e lesão corporal.
 
As investigações iniciaram após denúncia recebida pela Delegacia de Colniza de que havia um homem, sem formação profissional, trabalhando como dentista, no Distrito de Guariba a aproximadamente 140 quilômetros de distância do município.
 
Em diligências na região, policiais conseguiram localizar o ponto de trabalho do suspeito, que questionado pelos investigadores informou que trabalha há mais de 40 anos como profissional de saúde bocal. O acusado afirmou que realizava serviços como canal, extração de dentes, obturação e confecção de próteses dentárias, mesmo sem possuir diploma acadêmico na área de odontologia.
 
Durante a conversa com os investigadores, um cliente do falso dentista chegou ao consultório para ser atendido. O paciente foi ouvido e disse que extraiu 13 dentes com o acusado. Diante das informações, o falso dentista foi conduzido a Delegacia de Colniza e após ser interrogado pelo delegado, Marco Bortolotto Remuzzi, foi autuado pelos crimes de exercício ilegal da profissão e lesão corporal, pelo fato de extrair dentes. 
 
Em continuidade a ação, os investigadores fizeram a apreensão de vários materiais que eram usados nos tratamentos dentários no consultório do falso dentista.
 
 
 
Escrito por assessoria de imprensa

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário