16/04/2016 - Preso acusado de agredir garota com marreta na Barra

16/04/2016 - Preso acusado de agredir garota com marreta na Barra

A equipe da especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças prendeu na tarde de sexta-feira (15/4) no bairro São José o morador Lucivan Macedo, acusado de agredir com diversos golpes de marreta a jovem Fernanda Rafaela Gonçalves Pereira, 27 anos, no bairro Senamarques no dia 30 de março. A vítima sobreviveu ao crime que foi bastante comentado na imprensa e também nas redes sociais.

Lucivan estava escondido na casa de um parente no bairro São José e foi preso pela Derf com apoio da Polícia Militar. O delegado-adjunto da Derf Joaquim Leitão ressaltou que ele já estava sendo monitorado desde que a polícia entrou no caso. Na delegacia, Lucivan não quis conversar com a imprensa.

O crime

A agressão aconteceu na casa da vítima, por volta de 1 hora da madrugada do dia 30 de março. Apesar dos ferimentos, a jovem permaneceu consciente e conta que Lucivan era um amigo de infância e no dia do crime a procurou para conversar mais cedo na escola. "Ele esteve na minha casa a gente conversou mas ele foi embora e depois voltou de madrugada batendo na porta", explica Fernanda.

E foi de madrugada que o fato aconteceu. Lucivan pediu para vítima abrir a porta de casa e solicitou água. Fernanda estava servindo água para ele quando foi agredida com as marretadas e acredita que o agressor só parou porque pensou que ela tinha morrido. Foram duas marretadas na nuca e uma na testa.

"Ele disse que tinha uma lacraia no chão quando eu baixei para ver ele começou a me agredir com a marreta", relembra. O delegado disse que ainda não ouviu a versão do Lucivan, mas informou que o caso pode evoluir para uma tentativa de latrocínio, pois o celular da vítima sumiu após a agressão. 

 

 

Araguaia Noticia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário