16/04/2016 - Governo estadual divulga o novo Mapa Turístico de Mato Grosso

16/04/2016 - Governo estadual divulga o novo Mapa Turístico de Mato Grosso

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) divulgou esta semana a nova configuração do mapa turístico do Estado. A partir de agora Mato Grosso passa a contar com 74 municípios turísticos divididos em 14 regiões. Os dados levantados junto as prefeituras e definidos em oficina realizada na semana passada serão encaminhados ao Ministério do Turismo e passarão a fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro.

 

O Mapa do Turismo Brasileiro é uma ferramenta que orienta o Ministério do Turismo e os governos estaduais no desenvolvimento de políticas públicas para o setor e deve ser atualizado constantemente. A última atualização tinha ocorrido em 2013.

 

Para o secretário-adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro, essa nova configuração ajudará Estado e municípios a definirem melhor as políticas públicas e os investimentos necessários no setor. “Com esse novo mapa teremos um norte para nos guiar na hora de traçarmos as políticas públicas voltadas ao setor”, disse.

 

Para participar dessa composição o município deve possuir órgão responsável pela pasta de turismo, destinar dotação orçamentária para o setor e assinar um termo de adesão ao Programa de Regionalização do Turismo se comprometendo em realizar as ações necessárias de forma espontânea.

 

Os municípios também precisam possuir características similares e/ou complementares e aspectos que os identifiquem enquanto região, ou seja, que tenham uma identidade histórica, cultural, econômica e/ou geográfica em comum, devem ser limítrofes e/ou localizados nas proximidades e ter sua composição apresentada no Fórum ou Conselho Estadual de Turismo.

 

O novo mapa turístico do Estado ficou dividido nas seguintes regiões turísticas:  Cristalino, Portal da Amazônia, Vale do Juruena, Portal do Agronegócio, Nascentes, Vale do Guaporé, Águas do Vale do Cabaçal, Pantanal Mato-Grossense, Nascentes do Rio Cuiabá, Metropolitana, Vale do São Lourenço, Ipês e das Águas, Domo de Araguainha e Portal do Araguaia.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário