16/05/2011 - 09h:26 09h:28 Homens são presos acusados de falsificação de agrotóxicos

A Polícia Civil de Nova Mutum localizou, na sexta-feira (13), 125 litros de agrotóxicos supostamente falsificados e prendeu dois homens. Os investigadores chegaram até os suspeitos após observar movimentação estranha na casa de um deles. Com um mandado de busca e apreensão, foram localizados, em um dos quartos, 25 galões de veneno, cada um de cinco litros.

De acordo com a investigação, tudo seria falsificados, tanto o líquido, fruto de uma mistura de vários produtos químicos, assim como a embalagem. De acordo com o delegado Daniel Valente, o fabricante será acionado para uma perícia técnica no produto. "O inquérito policial deve ser concluído em dez dias e eles poderão responder por crime ambiental, adulteração de produtos químicos e estelionato".

Um dos suspeitos era procurado pela justiça, pois tinha mandado de prisão em aberto, fruto da operação Faxina, desencadeada há cerca de duas semanas na região de Diamantino, por suspeita de envolvimento com o tráfico. Além do produto, foram apreendidos um veículo Gol, placas de Cuiabá, e uma caminhonete L200, placas de Uberaba (MG). Considerando o valor de mercado, o agrotóxico apreendido poderia render quantia superior a R$ 37,5 mil.

Não foi revelado em que local a mistura era preparada, se era produzido em Nova Mutum, quantas pessoas estariam envolvidas, nem mesmo de que forma tal produto chegaria ao mercado. Uma fonte de Só Notícias revelou que um dos presos é também o principal suspeito por uma ocorrência de furto de agrotóxicos, registrado há poucos dias, no município.

 

Só Notícias