16/06/2015 - Ex-vereador é detido por embriaguez ao volante e paga fiança de 2 salários

16/06/2015 - Ex-vereador é detido por embriaguez ao volante e paga fiança de 2 salários

O chefe de gabinete do deputado estadual Eduardo Botelho (PSB) e ex-vereador por Cuiabá, Ricardo Adriane de Oliveira, foi detido pela PM sob acusação de dirigir embriagado em Cuiabá.

 

Ele não foi preso porque pagou fiança de dois salários minímos. A ocorrência foi registrada na tarde do último sábado (13). A multa para este crime de trânsito é de R$ 1,9 mil.

 

Na Central de Flagrantes, Ricardo Adriane de Oliveira admitiu o consumo de bebida alcoólica. No BO, consta que o acusado declarou ter bebido duas ou três latinhas de cerveja durante evento na Associação dos Servidores do Tribunal de Contas.

 

Ao ser detido, Ricardo conduzia um automóvel  MMC ASX 2.0 preto. Conforme a PM, ele executava manobras perigosas na região do CPA.

A abordagem aconteceu na avenida Brasil. Entretanto,  Ricardo obedeceu a ordem para estacionar somente na Morada do Ouro. Segundo o BO, o ex-parlamentar aceitou se submeter ao teste do bafômetro somente na Central de Flagrantes.  

 

A aferição apontou  0,51 mg/l de álcool no sangue, acima do permitido pela legislação. Após ser autuado em flagrante por embriaguez ao volante, Ricardo pagou fiança estipulada em dois salários mínimos. Com isso, responderá ao processo em liberdade.

 

Ricardo foi eleito vereador pelo PMN em 2000 e se licenciou do cargo para assumir a secretaria de Agricultura de Cuiabá, em 2003.

 

Outro Lado 

Por meio da assessoria, Eduardo Botelho declarou que o assunto é de ordem pessoal e não atinge diretamente sua atividade parlamentar. Por isso, deputado estadual não se pronunciará sobre o assunto. 

 

 

Jacques Gosch

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário