16/07/2013 - Deputado critica 'inércia' do governo Silval

Representante da região sudoeste de Mato Grosso, o deputado Ezequiel Fonseca (PP), criticou o governador Silval Barbosa (PMDB), na tarde desta terça-feira (16), pela falta de condições de trafegabilidade nas rodovias MT-175 (Cacho a Araputanga), MT-248 (Araputanga a Jauru) e MT -170 (Caramujo a Salto do Céu).
 
Para Ezequiel, o chefe do Executivo está inerte às cobranças dos deputados da região que clamam por investimentos e recuperação das rodovias. “O governador reclamava da falta de recurso, no entanto, a Assembleia aprovou o financiamento do programa MT Integrado que previa a interligação de 44 cidades e mais R$ 260 milhões para recuperação de rodovias, mas nem com o recurso liberado o problema tem sido resolvido”, salientou.
 
Conforme o deputado, a falta de capacidade em aplicar o recurso tem colocado em risco a vida da população que trafega pelas rodovias. Para ele, a situação é vergonhosa, principalmente para os trabalhadores que dependem dos trechos para a própria sobrevivência, como é o caso dos produtores rurais, motoristas e estudantes.
 
“A situação é de miséria, o Estado está sem controle, é lamentável, o poder executivo não tem desculpas, pois o recurso está em mãos. A população tem cobrado com razão, pois os impostos estão sendo pagos, mas o serviço público não está sendo feito”, desabafou.
 
Sensível aos problemas da região sudoeste, Ezequiel acrescenta que o governador precisa acordar do sono profundo e começar a ver a realidade dos municípios do interior, bem como ouvir os anseios da população. “Os buracos, a falta de sinalização e acostamento tem provocado muitas mortes, estamos todos angustiados com a atual situação, não aguentamos mais ouvir discursos vazios”.
 
 
Adrielle Piovezan

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário