16/07/2014 - Colisão frontal entre carretas em Querência deixa motorista gravemente ferido

O motorista proprietário de uma carreta Scania vermelha placa NKO 7215 Nova Xavantina, Ronaldo Rigodanzo residente no distrito de Serra Dourada município de Canarana sobreviveu a um grave acidente na MT 110 entre Querência a Fazenda Tanguro no interior do município.

O acidente aconteceu ás 10h desta segunda-feira 14 de julho, quando devido à poeira a cabine do cavalo Scania conduzida por Ronaldo chocou com os vagões reboques de outra carreta placa (AWI -3815 Cianorte/PR conduzida por Clovis Visintin Saverio. Segundo Ronaldo o  motorista Clovis conseguiu tirar a cabine mais a colisão nos reboques foi inevitável.

Ronaldo foi conduzido para o Hospital Vale do Araguaia onde permaneceu até às 20h30 e devido à gravidade dos ferimentos, pois fraturou 4 costelas, foi transferido em ambulância da UNIMED para Goiânia por volta das 20h30 desta terça-feira.

O paciente atendeu a reportagem no apartamento do Hospital e entre os telefonemas que fazia ou recebia de amigos e familiares, explicou com detalhes como foi o acidente. “Foi tudo muito rápido muita poeira nesta época de seca. Pela gravidade do acidente foi um milagre eu estar vivo e espero estar bom logo e voltar batente”. Após a entrevista acompanhamos o embarque na ambulância rumo a capital de Goiás.

A vítima é de Nova Xavantina mais atualmente devido à rota de trabalho esta residindo em Serra Dourada.

 

Escrito por kassu com reportagem de Idelgmar Pereira da Silva

Comentários

Data: 16/07/2014

De: jani

Assunto: praia

"Pão & circo"Prefeito banca R$ 360 mil em showsDA REDAÇÃO




O prefeito José Antônio de Almeida: shows e milhares de reais

A Copa do Mundo acabou para o Brasil. Mas o "pão & circo" continua em várias cidades de Mato Grosso. É o caso de São Félix do Araguaia, cujo prefeito José Antônio de Almeida (PPS) irá gastar R$ 360 mil do dinheiro do contribuinte para bancar shows.

No caso, irão se apresentar, o cantor Leonardo; a banda Forró Boys; o grupo Tradição e o cantor Raffael Machado. As contratações foram feitas pela empresa João Batista Lopes ME, com inexigibilidade de licitação

Novo comentário