16/07/2015 - TRE investiga ex-prefeito de Cuiabá por desconto nos salários de DASs

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou que a Prefeitura de Cuiabá explique no prazo de 72 horas motivos da transferência de recursos financeiros para o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) no ano de 2010. A intimação deverá ser entregue ao prefeito Mauro Mendes (PSB) que deverá explicar a origem dos recursos financeiros. 

 

Neste período, Chico Galindo, filiado ao PTB, já havia assumido a vaga de prefeito de Cuiabá em substituição a Wilson Santos (PSDB), que renunciou em abril daquele ano para concorrer ao governo do Estado. O prazo começa a contar a partir da intimação expedida pelo juiz eleitoral Lídio Modesto Filho no dia 10 deste mês.  

 

A decisão atendeu pedido da Procuradoria Regional Eleitoral que também recomendou ao PTB apresentar defesa a respeito das irregularidades encontrada nas contas do partido. Conforme a investigação, o PTB foi beneficiado com repasse do município, após descontar nos salários de servidores comissionados, no período de janeiro a abril de 2010.

 

No despacho do magistrado, não é citada a quantia transferida ao PTB. Ex-deputado estadual e ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo preside o diretório estadual do PTB há mais de cinco anos.

 

Nas eleições de 2014, lançou o filho, empresário Neto Galindo, candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa. Porém, não obteve êxito nas urnas. 

 

 

 
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário