16/08/2016 - Vila Rica registra queda de mais de 80% nos homicídios

16/08/2016 - Vila Rica registra queda de mais de 80% nos homicídios

Sete municípios polo do interior de Mato Grosso registraram queda expressiva nos casos de homicídio no primeiro semestre. Em cinco deles, a redução foi superior a 40%. Os números são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

 

O município de Vila Rica (1.258 km de Cuiabá, na região do Araguaia) obteve o resultado mais significativo: queda de 85%. O levantamento apontou, ainda, que houve retração nos índices dos municípios em Barra do Garças (-42%), Sinop (-29%), Sorriso (-40%), Nova Mutum (-44%), Sorriso (-40%) e Rondonópolis (-19%).

 

Para o secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, o resultado é uma consequência de integração das forças, que têm atuado nos municípios do interior com ações conjuntas. “É uma queda verdadeiramente histórica, graças a um trabalho que está sendo muito bem executado”, disse o secretário.

 

Rogers citou as operações Bairro Seguro e Carga Máxima como exemplos da atuação da Segurança Pública no combate à criminalidade violenta no período.

A Bairro Seguro, deflagrada pela primeira vez em abril, teve como foco justamente a redução dos crimes de homicídio. A metodologia de ação foi desenvolvida considerando demandas comunitárias e dados de análises criminais.

 

Desde então, o Estado registra sucessivas quedas nos índices de homicídio em Cuiabá, Várzea Grande e nos principais municípios do Interior do Estado. 

 

“Atendemos demandas que estavam reprimidas. Tivemos vários pedidos das comunidades para que intensificássemos o policiamento, aumentando o número de policiais e viaturas nas ruas. Alinhamos as demandas comunitárias com as questões técnicas das análises criminais da secretaria”, disse o secretário.

 

INVESTIMENTOS

O projeto de recuperação da Segurança Pública, iniciado nesta gestão, está em pleno andamento. 

 

Em termos de efetivo, a atual gestão vem conduzindo o maior incremento da história. Até o próximo mês, serão 3.550 novos profissionais de segurança, entre policiais civis e militares, bombeiros e técnicos da Politec. 

 

O orçamento das forças também é o maior da história, assegurando investimentos em novas viaturas, armamentos, capacitação e inteligência.

Recentemente, 51 caminhonetes no padrão SUV foram entregues às polícias Civil e Militar. No total, serão 200 novas viaturas, que irão reforçar a segurança em todo o Estado.

 

 

 

Sesp-MT
Dayanni Ida

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário