17/01/2013 Ainda me acham burra', reclama ex-BBB Solange, após anos de estudo

Se Sol não voltou a brilhar no “BBB”, brilha aqui. A torcida foi grande, mas ninguém mais que ela queria retornar ao reality e apagar de vez o seu maior carimbo. “Era a oportunidade que eu tinha de mostrar que lutei, estudei e mudei. As pessoas ainda acham que sou burra”, reclama Solange, se referindo à imagem que afirma ter sido arranhada após a participação no programa, em 2004.

Os números comprovam as mudanças: foram quatro anos de aulas particulares de português, dois anos de inglês, cinco cursos de interpretação e cinco workshops na Globo. “Agora tenho vocabulário na ponta da língua para responder às provocações”, brinca a mulata, de 34 anos, se autocorrigindo a cada “escorregão” na língua.

Ex-BBB Sol diz que sofre preconceito para se tornar atriz Ex-BBB Sol diz que sofre preconceito para se tornar atriz

Ex-frentista e de família humilde, Solange deixou Itapira, no interior de São Paulo, aos 24 anos e entrou para a história do “BBB” ao cantar a música Iarnuou, uma versão bastante peculiar de We Are The World. “Já sei cantar de forma correta. Foi a primeira coisa que aprendi quando sai do ‘BBB’”, diverte-se. Com o inglês quase na ponta da língua (ela já largou e voltou ao curso diversas vezes), Sol deixou de faturar com a música. “Ganhava R$ 4 mil só para cantar durante um evento de duas horas”, lembra.

Com o dinheiro que juntou, alugou um apartamento com amigos no Rio, onde mora há 8 anos, e investiu na carreira. Sol Vega, nome artístico adotado pela ex-sister, já integrou o elenco do programa “Show do Tom”, na Record, Marcia Goldsmith, na Band, e fez uma participação no “Pânico na TV”. “Meu cachê era menor porque eu não tinha registro profissional como atriz”.

Para ter o tão sonhado DRT, ela também contou com o apoio do namorado, um empresário italiano, que mora em São Paulo. “Não quero que minha imagem atrapalhe ele”, diz ela, justificando o porquê de nunca ter revelar o nome do moço.

Siliconada, a nova Sol retirou o sinal que possuía no nariz e alongou o aplique. Tudo sonhando com a possibilidade de retornar ao “BBB” no estilo à lá Beyoncé. “Cheguei a fazer todos os exames médicos, mas, infelizmente, não rolou”. Do programa, Sol guarda uma grande amizade com a companheira e ex-babá, Cida, campeã do "BBB4". "Passei o réveillon na casa dela, em Mangaratiba. Somos grandes amigas até hoje".

Além de mostrar seu lado mais maduro e menos explosivo, Sol acreditava que sua volta ao reality iria ajudá-la a ter mais oportunidades como atriz. “Sofro muito preconceito por ser negra, ex-BBB e ainda por ter deixado o programa com a fama de ignorante. Muitas pessoas viram a cara para mim e não me dão oportunidade. Já chorei muito e pensei em várias vezes desistir, mas sei que o meu sol ainda vai brilhar, tenho talento e vou chegar lá.

Com os estudos, Sol conta que adiquiriu o gosto pela leitura. Textos de Nelson Rodrigues e Paulo Coelho são seus favoritos. Atualmente ela está lendo livros sobre teatro e interpretação. "Tive oportunidade quando sai do ‘BBB’, mas não tinha estudo. Hoje tenho estudo, e estou correndo atrás da oportunidade”.

 

Extra para O Repórter do Araguaia

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário